‘Não acredito no favoritismo de alguém que não pode sair às ruas’, diz comentarista sobre favoritismo de Lula nas pesquisas

“Eu não consigo acreditar no grande favoritismo de Lula, aquele que além de ser ex-presidiário é uma pessoa que não pode sair nas ruas. Nem no Nordeste”

No decorrer do programa 3 em 1, da Jovem Pan, os comentaristas políticos abordaram e analisaram o cenário que vem se desenhando para as eleições presidenciais do próxino ano, que vem se polarizando entre o petista Luiz Inácio Lula da Silva e o atual mandatário, Jair Bolsonaro.

Em várias pesquisas vem sendo divulgadas recentemente, o petista aparece com ligeira vantagem a frente de Jair. Diante disso, o comentarista Rodrigo Constantino expôs a sua opinião acerca da liderança do petista.

“Eu não consigo acreditar no grande favoritismo de Lula, aquele que além de ser ex-presidiário é uma pessoa que não pode sair nas ruas. Nem no Nordeste. Por que o Lula não está desfilando no Nordeste para expor a sua tremenda popularidade ao Brasil e intimidar seus adversários? Por que isso não está acontecendo? É uma pergunta que a gente tem que fazer, porque soa muito estranho alguém que tem o grau de favoritismo dele, segundo pesquisas, e está enclausurado, negociando acordos de bastidores”, disse ele.

Ademais, Constantino também comentou sobre uma eventual candidatura do ex-ministro Sergio Moro, a quem ele crê que seja um nome mais forte do que outros para compor a terceira via.

“O Moro tem algum tipo de recall. Agora a pergunta que o Moro tem que se fazer na essência é se ele via disputar um Senado pelo Paraná, onde tem grandes chances de mostrar a que veio, seu pensamento político que é pouco conhecido, ou se vai ser aquele que vai contribuir bastante para a volta do Lula ao poder, porque ele tira mais votos de Bolsonaro do que de Lula. Ele poderia estar contribuindo para a volta do Lula ao poder. Ele quer dormir com essa consciência?”, disse ele.

Fonte: Portal BR7 – portalbr7.com

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta