Desembargador do TRF-1 solta primo de Davi Alcolumbre preso em operação contra tráfico internacional de drogas com “grande quantidade de dinheiro

Isaac Alcolumbre havia sido preso preventivamente no último dia 20 durante uma operação da Polícia Federal de combate ao narcotráfico

O desembargador Cândido Artur Medeiros Ribeiro Filho, do TRF-1, mandou soltar, na noite de ontem, Isaac Alcolumbre (foto), primo de Davi Alcolumbre.

Isaac, como noticiamos, havia sido preso preventivamente no último dia 20 pela Polícia Federal durante a maior operação de combate ao tráfico internacional de drogas da história do Amapá. O primo do senador, que é ex-deputado, comanda um aeródromo que, segundo a PF, é usado por narcotraficantes. De acordo com a corporação, há indícios de que o local “fornecia apoio logístico, como combustível para a aeronave fazer esses voos aos demais estados brasileiros, bem como a outros países fornecedores da droga, como Colômbia e Venezuela”.

No mesmo dia, Isaac, cuja mulher é empregada por Davi Alcolumbre, divulgou uma nota dizendo “não estar envolvido em nada”.

Para o desembargador Ribeiro Filho, “os fatos que justificaram a decretação da prisão preventiva não foram contemporâneos à decisão”.

O magistrado também escreveu em trecho da decisão:

“Aparentemente, o nome do paciente Isaac Menahem Alcolumbre apareceu nas investigações basicamente em razão do fato de ser o proprietário do Aeródromo Cmte. Salmoão Alcolumbre, local que, de acordo com a autoridade policial, seria o ponto de partida de aeronaves para o tráfico de drogas.

Ribeiro Filho acrescentou ter o receio de que “estejamos diante de um caso de responsabilização penal objetiva, vedada em nosso ordenamento jurídico”.

Pela decisão, Isaac fica proibido de ter qualquer contato com os demais envolvidos nas investigações.

Fonte: Folha da Política – folhadapolitica.com

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta