A “trama” por trás da sabatina de André Mendonça?

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou, na quinta-feira (16), que conversará com o senador Davi Alcolumbre sobre o agendamento da sabatina de André Mendonça.

Mendonça foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal, no dia 13 de julho, porém, até o momento, Alcolumbre, presidente da CCJ ainda não definiu a data para a sabatina, deixando o assunto em ‘banho-maria’.

“Conversarei com Davi Alcolumbre, obviamente respeitando a autoridade dele como presidente da CCJ. Mas sempre faremos a ponderação do melhor caminho, o caminho de consenso, para podermos resolver essa questão”, disse o presidente do Senado.

Questionado sobre os motivos pelos quais a sabatina de Mendonça ainda não teve a data marcada, Pacheco negou os rumores de que Alcolumbre estaria evitando definir a data por ter preferência por outro candidato à vaga do STF.

“Desconheço essa informação. As razões pelas quais ainda não foi feita a sabatina podem ser muitas, inclusive o fato de que isso exige o esforço concentrado e a presença [dos senadores] em Brasília. É algo complexo, é uma indicação para o STF. Há outras pendências também relativas ao Conselho Nacional de Justiça e ao Conselho Nacional do Ministério Público. Vamos fazer o arranjo necessário para resolver não só essa indicação, como outras tantas que estão pendentes”, disse Rodrigo Pacheco.

Fonte: Portal Cidade News – portalcidade.news

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta