Setembro Amarelo: Prefeitura de Cuiabá faz palestras sobre a prevenção ao suicídio

A programação se estende até o final do mês de setembro com ações estratégicas e interdisciplinares

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência segue com a programação do  “Setembro Amarelo: Prevenção ao Suicídio”.

Atividades como rodas de conversas, palestras e oficinas estão sendo realizadas nas unidades socioassistenciais como os Centros de Referência de Assistência Social- Cras, Centros de Convivência de Idosos- CCI’s e Centros de Referência Especializado- Creas. Todas as atividades serão executadas de forma remota, a fim de evitar a propagação do Covid-19 em Cuiabá.

“Será um mês voltado sobre esse tema. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que há cada 40 segundos, registra-se um caso de suicídio. Por essa importância que a gestão Emanuel Pinheiro, sempre pautada na humanização dos serviços, programou ações a fim de envolver a sociedade como um todo para sensibilizar de que cada um tem um papel importante nessa história. Todos conscientes podem contribuir para a redução de casos”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

Nesta quarta-feira (8), o Cras do bairro Doutor Fábio,  a partir das 13 horas, irá promever uma palestra com o tema:  prevenção ao suicídio. O público alvo é a população assistida pela unidade que irá  aprender a identificar os sinais e as formas de ajuda.

A iniciativa também será levada no dia 9 (quinta-feira) para atender outros usuários que não participaram da oficina no dia anterior, no período vespertino, das 13 às 17 horas.

Nesse mesmo dia, 8 de setembro, no Cras Pedra 90, será abordado o mesma tema, porém será feita uma roda de conversa de forma hibrida, a fim de resguardar e garantir as normas de biossegurança contra o coronavírus.

Os usuários do Centro de Referência de Assistência Social da região do bairro Praieiro também participarão da oficina sobre esse importante tema. No entanto, o evento será no dia 9, a partir das 10 horas, sendo coordenado pela equipe técnica da Proteção Básica Especial da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência.

E para encerrar as atividades da semana, na sexta-feira (10), a oficina sobre o tema “Suicídio” será em parceria com o Centro de Valorização da Vida- CVV, a partir das 9h30, no Cras do bairro Dom Aquino.

A programação se estende até o final do mês de setembro com ações estratégicas e interdisciplinares. “A partir do momento que entendemos o suicídio como um assunto sério e que é uma realidade, e que pode acontecer com pessoas à nossa volta, entendemos a importância dessas ações de sensibilização e sobre a necessidade de falarmos sobre o assunto. Os suicídios podem ser evitados desde que tenhamos conhecimento sobre seus sintomas, suas causas e formas de evitá-lo”, finalizou a secretária.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta