Fachada da Igreja N. Sra de Santana ganha colorido especial com intervenção urbana

O projeto Sou Natural, Sou Natureza chega a Chapada dos Guimarães neste fim de semana

Depois de passar pelo Centro Histórico de Cuiabá, com sessões de projeções no Beco do Candeeiro, Praça da Mandioca e Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, o projeto Sou Natural, Sou Natureza chega a Chapada dos Guimarães neste fim de semana. A fachada da Igreja de Nossa Senhora de Santana ganhará colorido especial e mensagens positivas do coletivo Projeções Poéticas. Então, turistas e moradores de Chapada já têm programa para o sábado (24), a partir das 19h.

Proponente do projeto aprovado pelo edital MT Nascentes, da Lei Aldir Blanc, Daniela Kern, destaca que as intervenções proporcionam interação entre o humano e a natureza. “A relação com a arquitetura também é marcante, pois cada plataforma, parede, muro nos dá um resultado único. Cada projeção é especialmente preparada para o suporte em questão. Estamos animados em promover esse diálogo das imagens com o patrimônio histórico de Chapada dos Guimarães”, ressaltou.

O projeto do coletivo Projeções Poéticas tem a intenção de provocar reflexão sobre o modo como nos integramos (ou não) à natureza. “Chegamos ao período de estiagem mais forte sob a sombra de mudanças climáticas intensas. Isso é em boa parte, resultado da ação humana. Então, essas questões perpassam alguns dos poemas projetados. A questão da água e da terra é muito forte em nosso trabalho”.

Assim, as projeções, além de ser alvo de apreciação da produção artística e momento de lazer, têm o intuito de despertar a consciência ambiental, explicou a artista visual.

“Que a devastação do meio ambiente dê lugar a uma relação afetiva entre o humano e a natureza”. Com interesse nas questões ambientais, Kern já vivenciou experiências impactantes, como em Brumadinho (MG). “Foi desolador ver a natureza degradada, rios que alimentavam comunidades tradicionais tomados pela lama. Peixes mortos no entorno. Precisamos refletir sobre a maneira como nos relacionamos com ela”, alertou.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta