PGR pede ao STF arquivamento de investigação sobre ‘atos antidemocráticos’

Vice-procurador-geral afirma que a Polícia Federal não apontou participação de parlamentares nos supostos crimes investigados

Humberto Jacques de Medeiros é vice-procurador geral

Humberto Jacques de Medeiros é vice-procurador geral | Foto: Reprodução/STJ

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu nesta sexta-feira, 4, ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento da investigação para apurar suposta participação de parlamentares no financiamento e na organização de “atos antidemocráticos”.

O parecer do vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, levou cinco meses para ser produzido. O texto afirma que as investigações da Polícia Federal (PF) não conseguiram apontar a participação dos deputados e senadores nos supostos crimes investigados.

“Esse inadequado direcionamento da investigação impediu a identificação de lacunas e dos meios necessários, adequados e proporcionais para alcançar a sua finalidade, impossibilitando a delimitação do problema”, diz um trecho do parecer, elaborado após a Polícia Federal finalizar o relatório parcial de mais de 150 páginas sobre as investigações.

Fonte: Revista Oeste (Por Edilson Salgueiro – revistaoeste.com)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta