Prefeito do RJ, Marcelo Crivella é preso em operação

Ele é investigado por supostamente participar do “quartel-general da propina” no Executivo fluminense

prefeito do rj

As investigações se baseiam no acordo de colaboração premiada do doleiro Sérgio Mizrahy – Foto: Reprodução/TV Globo

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi preso nesta terça-feira, 22, em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro. Também foram detidos os empresários Rafael Alves e Adenor Gonçalves dos Santos, o delegado aposentado Fernando Moraes e o ex-tesoureiro da campanha de Crivella, Mauro Macedo. Além disso, o ex-senador Eduardo Lopes é alvo da operação, mas, até o momento, não foi preso.

A ação de hoje é um desdobramento da Operação Hades, que investiga suposto quartel-general da propina” na prefeitura do RJ, um esquema de pagamentos ilícitos para a liberação de contratos da prefeitura. As investigações se baseiam no acordo de colaboração premiada do doleiro Sérgio Mizrahy, preso pela operação Câmbio, Desligo. Ele apontou Rafael Alves como chefe do esquema criminoso que acontecia na prefeitura.

Fonte: Revista Oeste

Deixe uma resposta