Flávio Bolsonaro faz William Bonner e Renata Vasconcellos irem depor na polícia

Caso os jornalistas não compareçam ao local por livre e espontânea vontade, eles podem ser indiciados pelo crime de desobediência

William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do Jornal Nacional, foram convocados na manhã desta sexta (4) para prestar depoimento na Polícia Civil. A dupla terá que esclarecer o suposto crime de desobediência a uma decisão judicial que proibiu a emissora de noticiar a investigação das rachadinhas no gabinete de Flávio Bolsonaro.

Há um mês, em 6 de novembro, o filho de Jair Bolsonaro entrou com uma notícia-crime contra os apresentadores pelo telejornal da TV Globo ter continuado noticiando informações sobre o caso Queiroz mesmo depois do veto judicial.

Além de terem provocado a ida de Bonner e Renata para a polícia, os advogados de Flávio Bolsonaro entraram com uma ação na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio exigindo que a TV Globo receba multas de R$ 500 mil toda vez que exibir reportagens sobre a investigação.

Os âncoras do Jornal Nacional deverão ir prestar depoimento na próxima quarta-feira, dia 9. William Bonner é aguardado na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, a DRCI, a partir das 14h, enquanto Renata Vasconcellos deverá chegar no local meia hora depois.

Caso os jornalistas não compareçam ao local por livre e espontânea vontade, eles podem ser indiciados pelo crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal. A TV Globo diz que não comenta ações judiciais em andamento.

Fonte: tvhistoria.com.br (Por Gabriel de Oliveira)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta