Fui prefeito e não tive secretário envolvido em corrupção, alfineta França

Na disputa pelo Palácio Alencastro, a troca de farpas entre os candidatos faz parte da campanha. Em entrevista ao programa Tribuna, da rádio Vila Real, na manhã desta terça-feira (29), o ex-prefeito Roberto França (Patriotas) alfinetou o atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmando que em seus 8 anos de mandato nunca teve nenhum secretário afastado ou investigado por corrupção.

A crítica de França se refere ao procurador geral do município, Marcus Brito – que pediu afastamento após operação da Polícia Federal em setembro, ao ex-secretário de Educação, Alex Viera, investigado por fraudes em contratos; e ao ex-secretário de Saúde Huark Correia, que chegou a ser preso por um esquema de direcionamento e superfaturamento de licitações.

“Tenho felicidade de ter sido prefeito por 8 anos e não ter nenhum secretário meu envolvido com corrupção, diferente de agora, que dois secretários e o procurador foram pegos, isso atesta a administração de Cuiabá”, alfinetou o ex-prefeito, que esteve à frente da gestão de Cuiabá entre os anos de 1997 e 2004.

Segundo França, ter secretários afastados e presos são reflexos do gestor. “O que prova que nós escolhemos pessoas sérias e honestas. Honestidade é tudo, com seriedade para aplicar recursos públicos”.

Ele ainda criticou o acúmulo de bens dos adversários. “Meu patrimônio é quase o mesmo de quando comecei a vida pública. Tenho um ou outro processo, mas por questões administrativas, não por corrupção. Sempre respeitei o dinheiro público, diferente de muitos, que ficaram milionários com o dinheiro público”.

Fonte: GD (Por Thalyta Amaral)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta