Roberto França avisa adversários que vai responder à altura

O DEM  levou para o palanque de Roberto França pelo menos mais 4 agremiações

Horas após ganhar o apoio do governador Mauro Mendes (DEM) à campanha, o ex-prefeito de Cuiabá, Roberto França, foi oficializado candidato à prefeitura pelo Patriota com o apoio de mais 4 siglas. Até o início da manhã desta terça-feira (14), França disputaria o cargo em chapa pura.

A reviravolta ocorreu por volta das 12h quando foi chamado para uma conversa com o governador, no Palácio Paiaguás. A adesão contou, aparentemente, com respaldo de todas as principais lideranças do DEM,  que, levou para o palanque de França pelo menos mais 4 agremiações, PSD, PSB Republicanos e PSL.

Num tom sereno, na convenção já a noite, França declarou à imprensa que vai apresentar um compilado das duas gestões à frente da Prefeitura de Cuiabá, porém avisou aos adversários que vai adotar uma conduta de “dançar conforme a música. “Do jeito que vier, nós vamos responder à altura”, avisou.

Roberto reiterou ainda que não pretende entrar nas questões pessoais do atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), como no caso em que o emedebista, à época deputado estadual, foi flagrado colocando maços de dinheiro no paletó. “O governador pode ter as questões pessoais e isso não vai influenciar”, respondeu França.

Apoio de Mauro

O ex-prefeito afirmou que o governador tem interesse em ganhar a eleição e, por isso, acredita que Mendes estará “de corpo e alma para ajudar consolidar a vitória”.    

Candidato a vice

Indicado pelo DEM para vice, Roberto demonstrou confiança no vereador Marcelo Bussiki. “É um homem sério, íntegro que já deu prova do seu trabalho e vem nos auxiliar. Tem prerrogativas para ser um grande vice”, reforçou.

Apoio de Bolsonaro

Por ser de um partido da base do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ex-prefeito espera contar com o apoio dele, com depoimento no segundo turno.

Contudo, avisou que durante a campanha vai defender Bolsonaro, que será o seu carro-chefe. “Temos a nossa senadora Fernanda para quem Bolsonaro já deu depoimento”, disse França, que é do mesmo partido da candidata ao Senado em Mato Grosso que conta o apoio do presidente da República.

“Nós vamos continuar trabalhando com a nossa candidata Fernanda e o Fávaro com o time dele”, disse ao ser referir ao apoio do PSD, do senador em exercício Carlos Fávaro, que também disputa a vaga ao Senado.

Fonte: GD (Por Noelma Oliveira e Pablo Rodrigo)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta