Luto: José Mojica Martins, o Zé do Caixão, morre aos 83 anos

O ator e diretor, ícone do cinema de terror no Brasil, morreu por complicações de uma broncopneumonia

José Mojica Marins , mais conhecido como Zé do Caixão, seu principal personagem, morreu nesta quarta-feira (19), aos 83 anos. Considerado o grande ícone do cinema de terror no país, ele foi ator e diretor de filmes clássicos da década de 1960, como “À Meia-Noite Levarei Sua Alma” e “Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver”.

De acordo com depoimento da filha do artista, Liz, à Folha de S. Paulo , Zé do Caixão morreu por complicações de uma broncopneumonia. Ele estava internado no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo. Há cinco anos ele já estava afastado do cinema por causa de problemas de saúde, sobretudo cardíacos.

Apesar de ser ignorado pela crítica brasileira no auge da carreira, Mojica foi reconhecido internacionalmente e participou de premiações e festivais na Europa.

Será que você sabe tudo sobre viewability? (ProXXIma – Outbrain)
Nos anos 1990, ele foi para a TV e apresentou o programa “Cine Trash” na Bandeirantes. Mais recentemente, o cineasta comandava o programa “O Estranho Mundo de Zé do Caixão” no Canal Brasil.

A saúde de José Mojica Marins já estava bastante debilitada desde 2004, quando sofreu um infarto. Em 2014, ele ficou internado por cerca de um mês por problemas cardíacos. Em entrevista ao jornal Extra, em 2019, Liz Vamp afirmou que o pai, recluso há cinco anos, estava com a saúde frágil, mas lúcido.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta