Moro: 1º passo para melhorar combate à corrupção é retomar condenação em 2ª instância

Brasil registrou seu pior resultado no IPC desde 2012

O Ministro da Justiça Sergio Moro comentou os dados divulgados pela Transparência Internacional nesta semana, que mostraram a queda no Brasil no ranking mundial de percepção corrupção.

O Índice de Percepção da Corrupção (IPC) pontua e classifica os países com base no quão corrupto o setor público é percebido por executivos, investidores, acadêmicos e estudiosos da área da transparência. Ou seja – quanto melhor a posição no ranking, menos o país é considerado corrupto.

Para Moro, apesar dos avanços da Lava Jato, o Brasil precisa “fazer muito mais” no combate à corrupção, e para isso, o primeiro passo seria retomar a condenação em segunda instância.

Esse foi o 5º recuo seguido do Brasil, que ocupa a 106ª posição no IPC – pior resultado do país desde 2012. Para se ter ideia, o país está com os mesmos 35 pontos que Albânia, Argélia, Costa do Marfim, Egito, Macedônia e Mongólia, e ficou atrás dos vizinhos Uruguai, China e Argentina.

Fonte: Jovem Pan

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta