Basílica de Nossa Senhora Aparecida torna-se palco de protestos contra Bolsonaro

Através das redes sociais, católicos estão denunciando o fato surpreendeu a muitos romeiros na tarde de sexta-feira (6). O Santuário Nacional da Padroeira do Brasil, em Aparecida do Norte, foi tomado por faixas de protesto contra o Governo tendo como pauta principal a Amazônia.

É possível perceber na imagem que as faixas foram colocadas em locais com acesso restrito ma fachada da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, portanto presume-se que haja permissão da administração.

Ainda sem confirmação por parte do Santuário, a suspeita é que as faixas foram colocadas em preparação para o Grito dos Excluídos que ocorre no dia da comemoração da Independência do Brasil, 07 de Setembro.

Grito dos Excluídos

Já se tornou tradição, desde 1995, no dia 7 de setembro, data na qual se comemora oficialmente a Independência do Brasil, ocorrerem as manifestações chamada de “Grito dos Excluídos” que reúne católicos em diversas dioceses por todo território brasileiro.

Estas manifestações têm como objetivo de abrir caminhos aos excluídos da sociedade, denunciar os mecanismos sociais de exclusão e propor caminhos alternativos para uma sociedade mais inclusiva.

Neste ano de 2019 o tema do grito dos excluídos é “Vida em primeiro lugar” e o lema escolhido foi “Este sistema não vale: lutamos por justiça, direitos e liberdade.”

Fonte: templariodemaria.com.br

Assista ao vídeo abaixo

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta