‘Será que o câncer dele foi mentira?’, rebate general Heleno após Lula questionar facada em Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro e general Augusto Heleno tomaram café da manhã com jornalistas nesta sexta-feira (14)

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), general Augusto Heleno, rebateu, nesta sexta-feira (14), o questionamento do ex-presidente Lula sobre a facada levada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral.

“É o cúmulo ele ainda aventar a hipótese de a facada ser uma mentira”, afirmou o general em um café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, em Brasília. Nervoso, ele questionou: “E será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira?”

“Isso é uma canalhice típica desse sujeito. Não mereceu jamais o cargo. Presidência da República é uma instituição quase sagrada. Eu tenho vergonha de um sujeito desse ter sido presidente da República”, completou.

Augusto Heleno disse, ainda, que Lula deveria ser condenado à prisão perpétua. “Presidente da República desonesto tinha que tomar uma prisão perpétua. Isso é um deboche com a sociedade. Presidente da República desonesto destrói o conceito do país.”

Fonte: Jovem Pan

Assista o vídeo abaixo:

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta