‘Sem plateia não tem bullying’, Cuiabá lança programa inovador que envolve escolas, instituições e sociedade

Programa prevê a formação de professores mediadores, orientação aos pais e mobilização da sociedade para a cultura da paz

Pais de alunos de unidades educacionais estarão reunidos para participar de palestra que vai discutir o bullyng, nesta quinta e sexta-feira (13 e 14), das 19h às 21h, na EMEB Madra Marta Cerutti, no bairro Bela Vista.

A ação faz parte da campanha de prevenção e combate ao bullying, promovido pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME). Com o slogan ‘Sem plateia não tem bullying’, a campanha teve início na terça-feira (11), onde cerca de 500 profissionais da educação de Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, municípios do Vale do Rio Cuiabá e representantes de instituições participaram do encontro, no Hotel Fazenda Mato Grosso.

A palestra, com o tema ‘Sem plateia não tem bullying’, foi proferida pelo professor, filósofo clínico, coaching e consultor do Programa Escola da Inteligência, desenvolvido pelo Grupo Augusto Cury, Dieikson Carvalho, oficializando o início das ações que este ano prosseguem até o mês de novembro, quando acontecerá um fórum na capital.

A secretária-adjunta de Educação, Edilene Machado explicou que a iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro pretende reunir apoio de instituições estaduais e municipais, inclusive dos municípios do Vale do Rio Cuiabá, para combater a prática que tem trazido enormes prejuízos à sociedade. “O bullying encontra-se presente nos espaços educacionais, promovendo atitudes cada vez mais violentas e desrespeitosas, por parte dos agressores e também das vítimas. Para superar essas situações, a escola necessita desenvolver ações que auxiliem a reflexão sobre o tema e envolvam professores, alunos, os pais e toda a sociedade, tendo como referência a cultura da paz”, destacou Edilene Machado.

O consultor Dieikson Carvalho explicou que o bullying é um fenômeno de violência que acontece  exclusivamente  nas unidades educacionais. Fora desse ambiente é chamado de violência ou assédio e que as ações de prevenção e combate devem tratar o fenômeno de forma integral abrangendo os agressores, as vítimas, a plateia, a família e os professores, atuando em todos os segmentos pensando em ações e intervenções que desconstruam ideias e conceitos pejorativos e, lembrando que o bullying está na raiz de problemas como a autoflagelação, o alcoolismo, a depressão e o suicídio.

“A escola é o único local da sociedade em que podemos transformar o erro em aprendizagem, a violência em cultura da paz. Para isso, a escola precisa ter uma ação transformadora porque a Educação é a única maneira de transformar o ser humano, a sociedade e as relações sociais. Cuiabá tem uma Educação voltada para a formação de uma nova geração de pessoas saudáveis, proposta e posicionamento adotados pela gestão municipal, que se baseia na humanização e tem como lema, o trabalhar e cuidar da gente, que implementa iniciativas como o programa Escola da Inteligência e que promove um evento como este para discutir sobre o bullying no âmbito estadual, municipal e particular. Isso mostra que a cidade sai na frente nessa iniciativa, buscando uma sociedade onde haja mais empatia, mais respeito, mais carinho, mais resiliência”, salientou Dieikson Carvalho.

Programação

Após a palestra que deu início a formação de professores mediadores, que terão um papel fundamental na identificação e resolução dos conflitos por meio de ações de prevenção no ambiente educacional, nesta  quinta e sexta-feira (13 e 14), será a vez dos pais. As palestras, terão como tema ‘Como identificar e prevenir o bullying’ e acontecerão na EMEB Madre Marta Cerutti, das 19h às 21h.

No dia 28 de junho, às 8 horas, alunos das unidades educacionais de Cuiabá, participam da Caminhada Mirim, com concentração na Praça Alencastro e chegada na Praça Santos Dumont.  O Dia D Humanizar será entre os dias 5 e 6 de julho nas unidades educacionais e no dia 20 de setembro acontecerá o Fórum ‘Pelas emoções e relações virtuosas e saudáveis’, com a palestrante Regina Shudo, pedagoga e pós-graduada em Metodologia de Ensino pela Universidade Estadual de Maringá, também do Grupo Escola da Inteligência.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta