Villas Bôas fala em oportunismo na divulgação de mensagens e defende Moro

O ex-comandante do Exército afirmou que divulgação da conversa de Moro e Dallagnol foi uma “insensatez” e uma tentativa de esvaziar a Lava Jato

General Villas Bôas
Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

O general Villas Bôas disse respeitar e confiar no ministro Sergio Moro

O ex-comandante do Exército Brasileiro, General Eduardo Villas Bôas, lamentou a divulgação de conversas entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol. Villas-Bôas classificou o fato como insensatez e oportunismo e defendeu Moro.

Em uma publicação em seu perfil no Twitter,   Villas Bôas afirmou que o vazamento das conversas é uma tentativa de esvaziar a operação Lava Jato , que o general definiu como “a esperança para que a dinâmica das relações institucionais em nosso país venham a transcorrer no ambiente marcado pela ética e pelo respeito ao interesse público”.

Além disso, o ex-comandante expressou seu respeito e confiança no ministro Sergio Moro . O ex-juiz também já expressou admiração pelo general em maio deste ano, durante uma sessão no Congresso. Na ocasião, Moro disse que Villas Bôas é, em sua opinião e na de muitos, um “herói nacional”.

Fonte: Último Segundo

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta