O cuidado com o trabalhador

*Por Emanuel Pinheiro

Costumo dizer que pagar os salários em dia é mais do que obrigação

Sempre que estou nos bairros mais distantes de Cuiabá, gosto de sentar e conversar com as famílias para saber como está a vida, como estão os seus filhos, como está o trabalho.

Mais do que receber a opinião de um morador ou moradora de um bairro carente sobre como está a escola ou creche do bairro que passou por revitalização, a unidade de saúde que recebeu um novo médico ou profissional da saúde, o asfalto recém-entregue, ou se já conhecem o programa Bem Morar (que contempla as famílias com cartão de até R$ 12 mil para reformar as residências), é importante ouvir e saber como está o trabalho dessa família, se o pai e a mãe estão empregados.

Como prefeito da cidade que nasci, me sinto responsável e parte de todas as famílias de Cuiabá. Me preocupo com muito com a saúde, que com o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), começa a ter uma virada de página que vai marcar a história de nossa cidade. Me preocupo com a educação, onde os filhos dos mais de 52 mil alunos receberam kit escolar completo com a camisetinha, o short ou saia, evitando das famílias mais humildes terem mais um gasto. Me preocupo com a infraestrutura, o asfalto evita doenças respiratórias e valoriza o imóvel das famílias. Mas, também me preocupo com o emprego!

Neste 1° de maio, dia do Trabalhador, lembro do compromisso que fiz em todos os bairros de Cuiabá na campanha eleitoral de 2016: Pagar os servidores públicos dentro do mês trabalhado, conceder o Reajuste Geral Anual (RGA) e valorizar os trabalhadores. Minha luta pelos servidores públicos, pelos trabalhadores é antiga, como deputado estadual, era uma das minhas principais defesas.

Para os mais de 18 mil servidores da Prefeitura de Cuiabá, contando com os concursados, comissionados, contratados, temporários, terceirizados, que correspondem a quase 3% da população da nossa Capital, é motivo de felicidade e respeito, saber que no último dia útil do mês, o seu salário está na conta. É possível planejar o pagamento das contas, fazer um compromisso, programar um passeio com a família. É respeito ao trabalhador que se dedica tanto pela população.

Mas, para aqueles que não são servidores da Prefeitura de Cuiabá, o pagamento do salário rigorosamente em dia, também é importante. São mais de R$ 48 milhões injetados na economia, ou seja, é fundamental para o comércio e setor de serviços. Além disso, para um Município que paga suas contas em dia, é porta aberta para novos investimentos vindos de fora, é desenvolvimento para a cidade.

Minha determinação de respeito pelo trabalhador e pelas famílias cuiabanas também acontece no Cuiabá-Prev. Os aposentados e pensionistas, aqueles que tanto contribuíram para Cuiabá ser essa cidade pujante que é hoje, merecem nosso carinho, cuidado e consideração. São quase 4 mil aposentados que recebem rigorosamente em dia, também ajudando a aquecer a economia da cidade e dos bairros.

Cuiabá tem mais de 600 mil habitantes. Costumo dizer que pagar os salários em dia é mais do que obrigação, é respeito, é cuidado com o trabalhador e suas famílias.

O dia do trabalhador é importante momento de reflexão. No Brasil, são mais de 13 milhões de desempregados. Na maioria dos estados, os salários dos servidores públicos não são pagos em dia, e os trabalhadores perdem cada vez mais seus direitos.

Além de ampliar os direitos e manter os salários em dia dos servidores públicos de Cuiabá, decidi contribuir ainda mais com a minha cidade, com aqueles que não são funcionários da Prefeitura.

Os mais de 100 km de ruas asfaltadas nos bairros carentes de Cuiabá em dois anos de gestão, tiveram a participação da comunidade. Determinei para a Secretaria de Obras que moradores dos bairros fossem contratados para executar os serviços na sua região. Assim, além de fazer o serviço da melhor qualidade (pois, são eles que vão utilizar), fomenta a economia do bairro, é um pai de família que estava desempregado e consegue com dignidade, ir ao mercadinho do bairro e comprar alimento para o seu filho. Isso é pensar na população, é pensar no coletivo, é pensar em Cuiabá.

E tem mais! No programa Bem Morar, lançado recentemente, determinei para a Secretaria de Habitação que seja feito convênio com empresas de materiais de construção dos bairros, para as obras realizadas nas residências da população carente e que mais precisa da Prefeitura, contar também com o fomento ao comércio da região, proporcionando mais emprego e renda ao nosso povo.

Recentemente me questionaram porque me preocupo com ações como essa, pois não é competência e obrigação do prefeito. Respondi que amo a minha cidade, amo a minha gente e quero cuidar das pessoas mais carentes, daqueles que realmente precisam de mim enquanto prefeito. Parabéns, trabalhador. A Prefeitura e o prefeito olham e trabalham para você!

*Emanuel Pinheiro é prefeito de Cuiabá

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta