Prefeitura de VG abre mais um ciclo de contratações

Em parceria com o grupo Pereira Fort Atacadista e Supermercado Comper oferecem vagas de repositor de loja, promotor de carnes, operador de caixas, auxiliar de prevenção e auxiliar de perecíveis.

A Prefeitura Municipal de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social realiza nesta quarta-feira (08), mais uma edição do projeto municipal de geração de emprego e renda – ‘Emprego Solidário’. Em parceria com o grupo Pereira Fort Atacadista e Supermercado Comper oferecem vagas de repositor de loja, promotor de carnes, operador de caixas, auxiliar de prevenção e auxiliar de perecíveis.

Os interessados devem se apresentar, a partir das 9 horas, munidos de documentos pessoais (RG, CPF e Carteira de Trabalho), no Centro de Referência em Assistência Social – CRAS – do bairro Cristo Rei, onde as entrevistas serão realizadas. Um dos requisitos é que o profissional tenha concluído, ou esteja cursando o ensino médio e ter reservista. Além de carteira assinada, a empresa oferta cesta básica com descontos, seguro de vida, refeitório próprio, plano odontológico e vale transporte.

Como lembra a titular da pasta, Ana Cristina Vieira e Silva, o projeto ‘Emprego Solidário’ é fruto das parcerias firmadas com o Sistema S, Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande (CDL/VG), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT) e empresas privadas. “O intuito do projeto é ofertar as vagas existentes para a população várzea-grandense e também para os imigrantes que residem na cidade, dando a eles a oportunidade de se inserirem no mercado de trabalho, uma vez que muitos, em função da pandemia do Covid-19 perderam seus empregos, ficando a renda familiar comprometida”, destaca a secretária.

Ana Cristina reforça a importância das empresas que são parceiras, bem como aquelas que queiram ajudar no projeto Emprego Solidário, que passem as suas demandas de vagas à Secretaria de Assistência Social, através dos CRAS localizados em todas as regiões da cidade.  “Essa contribuição é fundamental para que haja o fortalecimento da economia e da geração de renda, principalmente das famílias que necessitam de emprego, e dessa oportunidade que a Administração Municipal está oportunizando”.

Vale destacar que para se candidatar a uma vaga o profissional deve estar desempregado e ter 18 anos ou mais. O projeto também trabalha a assertiva no mercado de trabalho, ou seja, buscando o perfil certo para a vaga.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta