PF deve investigar Ralf Leite e Emanuel por vídeo com falso padrasto de Abílio

Só nas eleições deste ano, Emanuel já responde a mais de 70 ações por disseminação dê notícias falsas.

A Polícia Federal deve investigar o envolvimento do vereador cassado e assessor do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, Ralf Leite, por disseminação de fake news. A denúncia é de que o emedebista teria usado um ator para se passar pelo padrasto de Abílio Jr.. Além de tentar subornar a família do candidato do Podemos.

Conforme a denúncia, após a disseminação da fake news com um ator, Ralf Leite foi quem fez contato, por telefone, com o padrasto de Abílio Jr, o senhor João Batista, tentando suborná-lo para gravar um depoimento mentindo e dizendo que teria sido vítima de agressão por parte do enteado.

A armação foi desmascarada pelo próprio candidato Abílio Jr, que mostrou, em sua rede social, depoimento de seu verdadeiro padrasto desmentindo a fake news espalhada por Emanuel. “A turma do paletó está desesperada e não tem limites”, afirmou Abílio.

Ainda no sábado (28/11), a defesa de Abílio Jr. patrocinada pelos advogados Alexandre César Lucas, Gustavo Antonelli, Amir Amiden e Flavio Azevedo, protocolou pedido de instauração de inquérito, com urgência, na PF.

Essa não é a primeira vez que Emanuel Pinheiro é denunciado por envolvimento em fake news. Só nas eleições deste ano, o emedebista já responde a mais de 70 ações por disseminação dê notícias falsas.


Fonte: Leiagora – leiagora.com.br (Vídeos Folha360 – Com Assessoria)

Assista ao vídeo de Abilio sobre  o seu padrasto

Assista ao vídeo fake news – Ator se passa por padrasto de Abílio

Deixe uma resposta