Vereador aponta desespero e acusa Emanuel Pinheiro de propagar “fake news” contra Abílio

Segundo Dilemário, atual prefeito está desesperado por não receber nenhum apoio político no 2º turno

O vice-presidente do Podemos de Cuiabá e vereador reeleito Dilemário Alencar disse, nesta sexta-feira (20), que o candidato a prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) está desesperado com os apoios recebidos, neste segundo turno, pelo candidato Abílio Júnior (Podemos). Por isso, baixou o nível da campanha e está propagando fake news nas redes sociais e nos programas de TV e rádio.

“A campanha de Emanuel virou uma baixaria e um festival de fake news. Estão espalhando  vídeos apócrifos, editados de forma grosseira, plantando mentiras e tentando criar terror junto a servidores e outros segmentos. A Justiça Eleitoral precisa tomar providências, pois propagar fake news é crime”, cobra Dilemário Alencar.

Além de vídeos editados de forma mentirosa, o parlamentar denunciou a onda de áudios que estão circulando em grupos de whatsApp, com acusações infundadas e  absurdas contra  o candidato Abílio. “São áudios anônimos, sem identificação de quem está falando, com narrativas mentirosas que tem o objetivo de provocar o terror e medo junto à  população. Estão usando de forma ilegal e criminosa as redes sociais nesta campanha. No entanto, o eleitor está atento e não vai cair nesse jogo sujo, típico do velho e conhecido comitê da maldade”, disse Dilemário.

O parlamentar aponta ainda que Abílio não vai ser atingido por essas mentiras porque é ficha limpa e não tem nenhuma cena como do paletó que envergonha o povo de Cuiabá. “O eleitor cuiabano já conhece a ficha corrida dos dois candidatos a prefeito. O Abílio não tem no seu currículo nenhuma cena de dinheiro de propina caindo do paletó. Ele é ficha limpa e vai continuar fazendo uma campanha apresentando suas propostas com o compromisso de combater a corrupção na prefeitura. É por este comportamento  que o Abílio tem recebido, a cada dia mais, apoios para sua candidatura. É isso tem deixado o atual prefeito desesperado. Sua iminente derrota só reforça o seu medo de perder a imunidade do cargo de chefe do executivo”, ressalta Dilemário.

Nesta semana a assessoria jurídica da campanha de Abílio ingressou com uma representação junto à Justiça Eleitoral denunciando a onda de vídeos e áudios difamatórios nas redes sociais.

Fonte: Folhamax

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta