Argentina: peso desaba após derrota de Macri nas eleições primárias

O dólar começou o dia cotado a 61 pesos — uma alta de 32% a respeito do fechamento de sexta (46,20 pesos)

O valor do peso argentino em relação ao dólar despencou na abertura dos mercados nesta segunda-feira (12), um dia após a derrota do presidente Mauricio Macri nas eleições primárias, vencidas por Alberto Fernández.

Segundo dados do estatal Banco de la Nación, o dólar começou o dia cotado a 61 pesos — uma alta de 32% a respeito do fechamento de sexta (46,20 pesos), causando uma desvalorização de 24% na moeda local.

Após reconhecer a derrota nas primárias, o que complica as chances de reeleição nas gerais de 27 de outubro, Macri – que ficou 15 pontos percentuais abaixo do principal adversário – alertou para o efeito que uma derrota eleitoral teria no âmbito financeiro, ao considerar que os investidores apostavam em sua vitória.

Na sexta passada, o índice Merval, das principais ações cotadas na Bolsa de Comércio de Buenos Aires, fechou em forte alta de 7,94%.

Em meio à incerteza, a presidência adiantou que o gabinete nacional, liderado por Macri, se reunirá na Casa Rosada, sede do governo. O Poder Executivo, que normalmente se reúne pela manhã, espera o fechamento de mercados para fazer um balanço.

Fonte: Jovem Pan – *Com EFE

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta