Misael Galvão determina vistoria nas instalações do Hospital Municipal de Cuiabá

Primeiro oficio protocolado pela Câmara informa que vereadores farão vistoria no Hospital Municipal de Cuiabá

Na manhã desta quarta-feira (2), Misael Galvão (PSB), presidente da Câmara Municipal esteve reunido com os secretários do legislativo, e apresentou as novas diretrizes e metas para o Biênio 2019-2020.

Logo na primeira reunião Galvão determinou que a Secretaria de Saúde, dirigida pelo Dr. Luiz Antônio Possas de Carvalho, fosse oficiada, com base na Lei Orgânica do Município, para que seja conferido amplo acesso a todos os vereadores da Câmara, nas instalações do Hospital Municipal de Cuiabá Dr. Leony Palma de Carvalho – HMC, que também abrigará o novo Pronto-Socorro da Cidade.

O oficio informa que a Câmara fará uma vistoria, nesta quinta-feira (3), às 8h, nas dependências do novo hospital, localizado no Bairro Ribeirão do Lipa, e requer o acompanhamento de uma equipe técnica responsável pelas obras e equipamentos.

“Queremos buscar informações precisas sobre as instalações do Hospital Municipal de Cuiabá, saber em que pé está o funcionamento, ou seja, exercer nosso papel fiscalizador e manter os munícipes cientes sobre o andamento das obras”, explica o novo presidente.

Quem protocolou pessoalmente o oficio, na Secretaria Municipal de Saúde e no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Mato Grosso (CREA/MT), foi o procurador-geral do Legislativo, Dr. Rodrigo Cyrineu.

“Á luz do que dispõe o inciso XIV do artigo 11 da Lei Orgânica do Município, que regulamenta o poder fiscalizatório do Legislativo, protocolamos a informação sobre a visita e solicitamos uma equipe técnica para acompanhar”, explicou.

Misael entendeu que é essencial que os técnicos do CREA/MT também estejam presentes na vistoria, para avaliar o estado da obra e encaminhou ofício ao Sr. João Pedro Valente, presidente do Conselho Regional de engenharia.

OUTRO LADO

A Prefeitura de Cuiabá confirmou o deferimento do primeiro ato de Misael Galvão e afirmou que a visitação obedece os protocolos estabelecidos pela SMS, divulgados pelo prefeito Emanuel Pinheiro no último domingo (30).

“Conforme divulgado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, o acesso ao HMC está restrito para proteger os equipamentos hospitalares que além de serem de alto custo, já estão devidamente instalados e prontos para uso. Dessa forma, primando pela transparência e lisura das conduções dos trabalhos, estabelecemos critérios e protocolos para visitação que estão sendo avaliados pela própria Secretaria de Saúde – como foi o caso do pedido concedido ao presidente Misael Galvão”, pontuou o secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho. (Com assessoria)

Deixe uma resposta