CNJ cogita auxílio-moradia de até R$ 4,3 mil

O Conselho Nacional de Justiça deverá analisar uma proposta de auxílio-moradia no valor de até R$ 4,3 mil, o mesmo valor que era concedido a todos os magistrados antes de dezembro.

Segundo o Estadão/Broadcast, será o valor máximo e será revisado todo ano pelo próprio CNJ. O órgão deverá aprovar nesta terça resolução com novas regras para a concessão do benefício.

A ideia é restringir a concessão somente para juízes que mudem de cidade e não tenham residência própria ou imóvel funcional no novo local de trabalho.

Fonte: O Antagonista

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta