Arena Pantanal é palco de briga generalizada na final de campeonato amador

A Arena Pantanal, em Cuiabá, foi palco de uma briga generalizada com direito a invasão de campo, muito corre-corre, chutes, socos, arremessos de cadeias, cestos de lixo, pedras e pedaços de madeira durante a final do Peladão, campeonato de futebol amador, realizado na noite deste sábado (17).

A confusão envolveu torcedores das equipes do Unidos do Santa Amália (USA) e Liga da Justiça, times que disputaram a final do campeonato. A entrada para assistir ao jogo era um litro de leite ou um quilo de alimento não perecível.

Parte da confusão foi gravada por torcedores que estavam nas arquibancadas e rapidamente ganharam os grupos de WhatsApp e redes sociais ainda na noite de sábado.

A confusão começou no final do jogo no qual o time Unidos do Santa Amália venceu nos pênaltis por 6 a 5, o que teria desagradado torcedores da Liga da Justiça. Não se sabe ao certo onde iniciou a briga, mas rapidamente torcedores invadiram o gramado e transformaram o local numa espécie de “ringue de luta livre”.

Nas imagens que circulam nas redes sociais é possível perceber dezenas de pessoas trocando agressões, principalmente chutes, e segurando pedaços de madeira para agredir uns aos outros. Também é possível ver alguns dos envolvidos arremessando objetos.

Pelos vídeos que estão circulando não se verifica nenhuma intervenção por parte de seguranças ou de policiais militares. Até o momento, não se sabe se houve pessoas feridas nem tampouco se teve prejuízo e danos à estrutura da Arena Pantanal, estádio que sediou jogos da Copa do Mundo em 2014 e custou mais de R$ 640 milhões.

A assessoria da Polícia Militar informou que a PM foi acionada, mas não houve registro de boletim de ocorrência pois não foi efetuada qualquer prisão. Isso porque a confusão “foi resolvida” na própria Arena Pantanal.

Ainda de acordo com a assessoria, a Polícia Militar é responsável pelo policiamento externo e não entra em campo. Somente em caso de autorização por parte do juiz que apita o jogo é que os policiais podem entrar em campo. “Quando começou a confusão, assim que a PM entrou no gramado, a confusão acabou, o pessoal se dispersou, não teve mais briga, nem agressão. Ninguém deu queixa”, informa a assessoria.

 

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta