Bolsonaro consultou Toffoli antes de anunciar assessor do STF como ministro da Defesa

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

General deixará assessoria técnica de Toffoli para assumiu pasta no governo de Bolsonaro

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli recebeu ligação do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) na manhã desta terça-feira (13), momentos antes do anúncio do general Fernando Azevedo e Silva para o Ministério da Defesa. O militar é assessor técnico de Toffoli.

“Hoje pela manhã, fui consultado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro sobre a indicação e prontamente disse que seria uma excelente escolha”, informou o presidente da Corte, para quem o general tem sido “grande colaborador nos temas envolvendo políticas de segurança”.

Em nota, o ministro elogiou o trabalho de Silva. “É com muita alegria que vejo o anúncio do nome do general para ministro. Certamente sua larga experiência contribuirá para o fortalecimento da atuação das Forças Armadas, da segurança e da defesa no Brasil.”

Fernando Azevedo e Silva assumiu em 27 de setembro deste ano o cargo de assessor especial no gabinete de Toffoli. A vaga para a Defesa foi aberta na semana passada, quando Bolsonaro decidiu transferir o general Augusto Heleno, já indicado, para o Gabinete de Segurança Institucional.

Fonte: Jovem Pan – *Com informações da Agência Brasil

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta