Juiz marca interrogatório de Walace Guimarães sobre obras inacabadas

Na próxima terça-feira (6) o ex-prefeito de Várzea Grande, Walace Guimarãe (PV), será ouvido numa ação onde é processado por improbidade adminstrativa. Ele foi acionado pelo Ministério Público por deixar de fiscalizar e cobrar a execuação de 5 unidades do Programa Saúde da Família (PSF).

Também são processados a empresa Porto Seguro, os empresários Selmo de Oliveira Souza e Danielle Dias dos Santos Souza, a ex-servidora municipal Carolina Luíza Ribeiro, e o ex-secretário de Saúde, Daoud Mohd Khamis Jaber Abdalla.

Em agosto de 2017 o ex-prefeito e os demais réus tiveram as contas bloqueadas até o valor de R$ 2,7 milhões para ressarcimento do erário em caso de condenação futura. A audiência tem previsão de começar às 14h30 na 2ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Várzea Grande.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta