Moro e Bolsonaro vão se reunir nesta quinta-feira, no Rio

O juiz federal Sergio Moro vai se reunir com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) nesta quinta-feira (1), no Rio de Janeiro. Eles devem conversar a respeito do anúncio feito por Bolsonaro nesta segunda-feira, na qual afirmou que convidaria o magistrado para assumir o Ministério da Justiça e depois assumir uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) em seu governo.

Moro admitiu que poderá aceitar o convite caso ele seja feito. Em nota divulgada nesta terça-feira (30), ele afirmou que ficou “honrado” com a lembrança de seu nome para os dois cargos.

“Sobre a menção pública pelo sr. presidente eleito ao meu nome para compor o Supremo Tribunal Federal quando houver vaga ou para ser indicado para Ministro da Justiça em sua gestão, apenas tenho a dizer publicamente que fico honrado com a lembrança. Caso efetivado oportunamente o convite, será objeto de ponderada discussão e reflexão”, disse.

Ao jornal O Estado de S. Paulo, Moro afirmou ainda que “tudo depende de conversar para ver se há convergências importantes e divergências irrelevantes”, entre ele e Bolsonaro.

O grupo mais próximo de Bolsonaro anunciou ontem o formato do Ministério da Justiça do futuro governo. Citado pelo próprio presidente eleito como um “grande símbolo” da luta contra a corrupção e possível titular da pasta da Justiça.

Em relação ao Supremo Tribunal Federal, serão abertas duas vagas na Corte por aposentadoria compulsória durante o mandato de Bolsonaro. A primeira é a do decano Celso de Mello, em novembro de 2020, e a segunda, de Marco Aurélio Mello, em julho de 2021.

Fonte: Jovem Pan – *Com informações da Agência Estado

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta