Sem registro de candidatura, Jajah Neves segue disputando vaga na AL

A decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral, negando registro de candidatura a Jajah Neves (SD), não foi suficiente para fazer o suplente de deputado desistir das eleições deste ano. Ele vai seguir na disputa na condição de sub júdice.

Jajah, sofreu uma condenação no dia 22 de agosto e foi declarado inelegível por fraudes e abuso de poder econômico nas eleições de 2016, quando se juntou ao irmão, para “enganar” eleitores de Várzea Grande usando fotos dele e o nome de Ademar Jajah, então candidato a vereador naquele pleito.

Por isso, o Ministério Público Eleitoral impugnou sua candidatura e os integrantes do TRE ao analisarem o pedido de registro, negaram por unanimidade.

Jajah por sua vez, continua com suas equipes e cabos eleitorais nas ruas. Na manhã da terça-feira, escolheu as imediações do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande para panfletar.

Alheio à decisão contrária do TRE, Jajah, fazia selfies com os cabos eleitorais, sorria e acenava para motoristas. Por fim, ainda ainda gravou um vídeo e postou em seu Facebook reafirmando que continua na disputa como o “candidato do povo”.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta