TRE dá aval para deputado acusado de fraudes do Detran disputar reeleição

Sem condenação, Mauro Savi foi considerado Ficha Limpa

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) deferiu, no sábado (15)- o registro de candidatura do candidato a deputado estadual Mauro Savi (DEM).  A decisão seguiu o parecer Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional Eleitoral, deu parecer favorável ao registro de candidatura do parlamentar.

Mauro Savi registrou sua candidatura a deputado estadual na Justiça Eleitoral apenas no dia 4 de setembro. Até o dia 15 de agosto, prazo estipulado para registro da candidatura, ele estava preso sob acusação de liderar um esquema de desvio de recursos no Detran de Mato Grosso.

O parlamentar aproveitou que um dos candidatos do DEM desistiu de disputar uma vaga na Assembleia para registrar candidatura. A partir disso, obteve aval do partido para entrar na disputa.

Apesar de ter sido preso por corrupção, Savi não tem nenhuma condenação, o que o mantém como Ficha Limpa.

O democrata foi o mais votado na eleição de 2014 com 55.233 votos , sendo o quinto deputado estadual mais votado na Capital. Em Sorriso, seu município base, Mauro Savi foi o campeão de votos.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta