Bolsonaro cresce e obtém 30% das intenções de voto após facada, diz BTG Pactual

Em primeira pesquisa eleitoral divulgada após o atentado contra o candidato do PSL, Ciro Gomes aparece em segundo lugar, desbancando Marina Silva

Ex-capitão do Exército, candidato Jair Bolsonaro (PSL) está na carreira política desde o início dos anos 1990

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Ex-capitão do Exército, candidato Jair Bolsonaro (PSL) está na carreira política desde o início dos anos 1990

Após ter sido vítima de um ataque, na última quinta-feira (6) em Juiz de Fora, Minas Gerais, durante um ato de campanha, o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) viu as intenções de voto nele subirem , alcançando a preferência de 30% do eleitorado brasileiro. Com isso, o deputado federal lidera sozinho a disputa pelo Planalto.

Os dados são de uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (10), encomendada pelo banco BTG Pactual e realizada pelo Instituto FSB Pesquisa. Esse é o primeiro levantamento publicado após o atentado a facada, contra Jair Bolsonaro .

Segundo a pesquisa, o candidato Ciro Gomes (PDT) despontou em segundo lugar, alcançando 12% das intenções de voto. Com isso, ele iria para o segundo turno com o candidato do PSL. Atrás deles, três presidenciáveis estão empatados: Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), cada um com 8% de intenção de voto.

Essa pesquisa já não trás o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência pelo PT. Isso porque ele teve a sua candidatura impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A pesquisa foi feita nos dias 8 e 9 de setembro, e possui uma margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Instituto FSB Pesquisa entrevistou, por telefone, 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação.

A amostra é controlada a partir de quotas de: sexo, idade, região e tipo de telefonia (fixa e móvel). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (BR-01522/2018).

Jair Bolsonaro subiu desde a última pesquisa

Candidato à Presidência, Jair Bolsonaro é visto sendo carregado após sofrer agressão durante campanha em Juiz de Fora
Reprodução/Twitter

Candidato à Presidência, Jair Bolsonaro é visto sendo carregado após sofrer agressão durante campanha em Juiz de Fora

Na última pesquisa também divulgada pelo BTG, no dia 3 deste mês, Bolsonaro aparecia com 26% das intenções de voto. Ou seja, após o atentado que sofreu, ele viu seu eleitorado subir em 4%.

Na última pesquisa a candidata Marina Silva aparecia em segundo com 15% das intenções de voto, deixando para trás os candidatos Geraldo Alckmin (9%) e Ciro Gomes (8%). Agora, porém, Marina e Alckmin aparecem com 8%, enquanto Ciro vem com 12%.

Na pesquisa divulgada nesta segunda-feira, os candidatos com poucas intenções de voto seguem sendo João Amoêdo (Novo), com 3%, Alvaro Dias (Podemos), com 3%, Henrique Meirelles (MDB), com 3%, e Guilherme Boulos (Psol), com 1%. Nenhum deles teria chances de disputar um segundo turno com Jair Bolsonaro , segundo o BTG.

Fonte: Ultimo Segundo

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta