Fávaro rebate crítica e aponta incoerência de Rui Prado ao defender Taques

O candidato ao Senado, Carlos Fávaro (PSD) rebateu neste sábado (18), as críticas feitas pelo candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB), Rui Prado (PSDB), afirmando que incoerência é o fato de Prado estar numa chapa que, nas últimas eleições, ele criticava e desqualificava Pedro Taques.

“Incoerência é ter sido candidato a senado numa chapa encabeçada por um inimigo declarado de Pedro Taques em 2014 e, quatro anos depois, mesmo não tendo somado em nada com o Estado, estar no palanque de quem ele criticou, como candidato a vice. Só queria saber em que momento essa opinião mudou”, aponta.

Rui Prado foi candidato ao Senado em 2014, na chapa que tinha José Riva como candidato ao Governo e que foi substituído pela esposa, Janete Riva, após a sua candidatura ter sido barrada pelo TSE.

Fávaro aponta ainda que Rui Prado foi convidado para ser vice de Pedro Taques não por mérito, mas, sim, por não ter aparecido outro nome. “A maior prova de que fiz a coisa certa ao sair deste governo foi a dificuldade para Taques conseguir um novo vice, cargo que ninguém aceitou, a não ser Rui Prado, em uma solução caseira”, aponta.

“É Uma pena que ele não poderá conhecer e sentir como é tratado um vice-governador no Governo atual, uma vez que, se Deus quiser, teremos uma nova gestão à frente de Mato Grosso em 2019, com Mauro Mendes (DEM) governador”, finalizou.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta