‘Independente da negociação, ele vai ser preso’, diz delegada sobre Doutor Bumbum

Defesa, que teria mudado de advogado, negocia com a polícia para médico Denis César Furtado e sua mãe se ‘apresentem’ e depois sejam liberados, já que o flagrante perdeu efeito. Os dois estão com prisão temporária decretada e tiveram habeas corpus negados.

Rio – A delegada Adriana Belém, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga a morte de Lilian Calixto durante um procedimento estético, dizem que o médico Denis César Barros Furtado, o Doutor Bumbum, que fez o implante na vítima, e sua mãe, Maria de Fátima Barros Furtado, serão presos “independente da negociação”. Um advogado que representa os dois está na distrital que apura o crime na manhã desta quinta-feira.

A defesa, que teria mudado de advogado, negocia com a polícia para o médico e sua mãe, que tem o registro médico cassado, se ‘apresentarem’ e depois liberados, já que o flagrante perdeu efeito. Nesta quarta-feira, a então advogada dos dois, Naiara Baldanza, disse que eles se entregariam. Os dois estão com prisão temporária decretada e tiveram habeas corpus negados na última terça-feira.

Fonte: O DIA

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta