‘Doutor Bumbum’ é preso em centro empresarial na Barra da Tijuca

Médico Denis Furtado estava foragido desde domingo, após a morte da bancária Lilian Calixto, uma de suas pacientes; a mãe dele também foi detida

Doutor Bumbum foi preso na Barra da Tijuca, após a morte de uma paciente no Rio Janeiro
Reprodução/Instagram

Doutor Bumbum foi preso na Barra da Tijuca, após a morte de uma paciente no Rio Janeiro

O médico Denis Cesar Barros Furtado, 45 anos, foi preso, na tarde desta quinta-feira (19), dentro de um centro empresarial na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. O chamado Doutor Bumbum foi preso devido à morte da bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, 46 anos.

Furtado foi o cirurgião responsável por um procedimento estético ao qual Lilian se submeteu, no último sábado (14), antes de morrer no domingo (15). Ele estava foragido desde então , mas o Doutor Bumbum foi preso por policiais do 31º BPM (Barra da Tijuca) após informações do Disque-Denúncia.

O cirurgião está sendo encaminhado para a 16ª DP, na Barra da Tijuca. Além dele, a sua mãe, Maria de Fátima Barros Furtado, também foi presa. Ela responde por ter sido cúmplice do médico, no procedimento que causou a morte a bancária.

Além dos dois, a polícia teve como alvo também, nesse caso, a namorada do Doutor Bumbum , a jovem Renata Fernandes Cirne. Ela tem 19 anos e foi presa no último domingo. Nessa quarta-feira (18), ela foi transferida para o presídio de Benfica.

O registro do Doutor Bumbum foi cassado , ainda nesta quinta-feira (19), pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF). Pelo conselho, ele foi julgado em um processo ético-profissional. Porém, a decisão ainda é passível de recurso e deve ser submetida ao Conselho Federal de Medicina (CRM).

Entenda o motivo pelo qual o Doutor Bumbum foi preso

Lilian, a paciente de Furtado, viajou de Cuiabá, no Mato Grosso, para o Rio de Janeiro , a fim de realizar uma intervenção plástica nos glúteos com o famoso Doutor Bumbum – que tem quase um milhão de seguidores nas redes sociais.

No último sábado, perto das 22h, ela foi atendida pelo médico, em seu apartamento, uma cobertura na Barra da Tijuca. Porém, passou mal logo após o procedimento. O procedimento teria custado R$ 20 mil.

Segundo as investigações, Lilian teve que ser levada ao hospital Barra D’or, também na zona oeste do Rio. Foi o doutor Denis Furtado mesmo quem a levou ao hospital. No entanto, ela não resistiu e morreu.

De acordo com os médicos que examinaram Lilian, Doutor Bumbum usou a substância PMMA na bancária. A sigla significa polimetilmetacrilato, material parecido com plástico, composto por microesferas e utilizado para fazer preenchimentos corporais e faciais.

Apesar de aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o produto é indicado para situações pontuais e deve ser aplicado em pequenas quantidades.

Antes mesmo de ser divulgada a notícia de que o Doutor Bumbum foi preso , o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) também já tinha informado, por meio de uma nota, que abriu uma sindicância para apurar os fatos relacionados ao caso.

Fonte: Último Segundo

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta