Juiz impõe proibições a vereador preso com arma

APÓS FLAGRANTE EM VG

O vereador Calistro Lemes do Nascimento, o Jânio Calistro (PSD), está proibido de se ausentar de Várzea Grande por um período superior a 15 dias sem ter autorização judicial.

Também terá que comparecer ao Fórum todo mês, sempre no dia 11, para justificar suas atividades (trabalho) e atualizar endereço.

As regras, são na verdade medidas cautelares impostas pelo juiz Abel Balbino Guimarães como condição para revogar a prisão do parlamentar na quarta-feira (11). Calistro foi preso na tarde da última terça-feira (10) por porte ilegal de arma de uso restrito.

Ele estava jogando baralho num bar situado no bairro Mapim e tinha uma pistola ponto 40 dentro de sua caminhonete S10. A arma pertence à Polícia Civil e deveria ter sido entregue quando Calistro se aposentou da função de policial civil.

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

1 COMENTÁRIO

  1. E um absurdo, ele já foi policial, a vida dele corre risco pq quando vc prende vc faz inimigos e outra a arma estava na camionete só para sua segurança, ele não estava hostentando a arma. Nunca o vi, não sei quem é, sou só uma cidadã que descorda do exagero, até outro dia o cara era agente desta justiça e corria riscos por ela e hoje ela o prende pq ele tenta se proteger. Bandido anda armado e vivem soltos. E Brasil das inversões. Pronto falei. Moro à kilometros daí. Mais é meu estado, é meu país. Se alguém matar ele aí fica tudo certo, já já tá nas ruas, pra matar o próximo pq com certeza não vai avisar a justiça se sair da cidade, aliás, bandido entre e sai a hora que quiser pq ninguém tem controle. Cansei.

Deixe uma resposta