Suécia elimina a Suíça e espera por Inglaterra ou Colômbia nas quartas de final

Seleção sueca venceu por 1 a 0 e alcançou um lugar entre as oito melhores da Copa do Mundo após 24 anos; gol da partida foi marcado por Forsberg

Forsberg foi autor do gol que garantiu a classificação da Suécia para as quartas de final da Copa do Mundo
Divulgação/Fifa.com

Forsberg foi autor do gol que garantiu a classificação da Suécia para as quartas de final da Copa do Mundo

Após 24 anos, a seleção da Suécia está de volta às quartas de final de uma Copa do Mundo. A equipe treinada por Janne Andersson se garantiu entre as oito melhores do Mundial ao vencer nesta terça-feira (3) a seleção da Suíça por 1 a 0 em São Petersburgo. O gol da partida foi marcado por Forsberg.

O adversário da Suécia nas quartas de final da Copa do Mundo será conhecido ainda nesta terça-feira, a partir das 15h, e sairá do confronto entre as seleções de Colômbia e Inglaterra .

Primeiro tempo truncado

As duas seleções chegaram às oitavas de final com desfalques por conta do terceiro cartão amarelo: os defensores Lichsteiner e Schaer pelo lado suíço, e o volante Larsson pela equipe sueca.

As primeiras chances da partida surgiram a partir de erros dos adversários. Ainda antes do primeiro minuto de jogo, o zagueiro Lindelöf escorregou e permitiu que Shaqiri recebesse na entrada da área e batesse para fora. Alguns minutos depois, o goleiro Sommer saiu jogando errado e a bola voltou para Berg, que foi bloqueado dentro da área. Ekdal pegou o rebote, mas mandou por cima, com perigo.

A seleção da Suécia mostrou superioridade nos dez primeiros minutos, mas só foi criar sua primeira chance clara aos 28 minutos de jogo. Claesson ajeitou de peito para Berg virar e obrigar o goleiro suíço a fazer uma linda defesa no canto direito.

A resposta da Suíça veio aos 38. Zuber e Dzemaili fizeram bonita tabela pelo lado esquerdo e o camisa 15 bateu de dentro da área com muita força, mas a bola subiu mais do que ele gostaria e saiu por cima. Os suecos devolveram o susto dois minutos mais tarde, em cruzamento perfeito de Lustig que chegou limpo para Ekdal na entrada da pequena área, mas o meia errou o movimento e isolou.

Suecos marcam na frente e se seguram atrás

Suécia e Suíça jogaram diante de mais de 64 mil pessoas no Estádio de São Petersburgo nesta terça-feira
FIFA/ Divulgação

Suécia e Suíça jogaram diante de mais de 64 mil pessoas no Estádio de São Petersburgo nesta terça-feira

A animação desse fim de primeiro tempo não se repetiu na volta dos vestiários. A etapa final começou com muitos erros ofensivos e faltas mais duras, até que Forsberg conseguiu tirar o zero do placar. O camisa 10 da seleção sueca recebeu na entrada da área, conseguiu abrir espaço para a finalização e bateu para o gol. A bola desviou em Akanji e tirou qualquer chance de defesa do goleiro Sommer, aos 20 minutos do segundo tempo.

Diante do placar adverso, o técnico Vladimir Petkovic decidiu tornar a sua equipe mais ofensiva mandando a campo os atacantes Seferovic e Embolo nas vagas de Dzemaili e Zuber. E Embolo quase empatou após escanteio aos 33 minutos, mas o autor do gol sueco, Forsberg, conseguiu cortar em cima da linha.

Os suecos conseguiram controlar bem a pressão da Suíça na parte final do jogo e só voltaram a sofrer um novo susto já aos 46 minutos do segundo tempo, quando Seferovic escorou cruzamento de Rodríguez e obrigou Olssen a fazer grande defesa.

Ainda deu tempo para Olsson puxar um contra-ataque a favor dos suecos e ser derrubado na entrada da área pelo lateral suíço Lang, que foi expulso. O árbitro chegou a marcar o pênalti, mas voltou atrás após revisão do assistente de vídeo (VAR) e assinalou a infração fora da área. Toivonen bateu forte para defesa de Sommer, no último lance da classificação da Suécia .

Fonte: IG esporte

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta