Inglaterra elimina Colômbia nos pênaltis depois de sofrer empate nos acréscimos

Harry Kane sofreu pênalti e cobrou com categoria para abrir o placar. De cabeça, Mina empatou aos 48. Nos pênaltis, Dier marcou o gol da vitória

Colômbia e Inglaterra fizeram o oitavo e último jogo das oitavas de final da Copa do Mundo . Com a vitória dos ingleses, todos os times e confrontos da próxima fase da competição já estão definidos. Os jogadores da terra da rainha vão enfrentar a Suécia em busca de uma vaga nas semifinais da competição.

Harry Kane Inglaterra

FIFA/ Divulgação

Harry Kane Inglaterra

Os ingleses abriram o placar após uma penalidade infantil de Sánchez em Kane. O próprio atacante cobrou e marcou. Nos acréscimos do segundo tempo, Mina subiu bem e marcou o gol de empate que levou a partida para a prorrogação.

Depois de 30 minutos sem gols, a Inglaterra levou a melhor nas penalidades, converteu quatro cobranças, contra três dos adversários, e avançaram às quartas de final da Copa.

O jogo

Inglaterra x Colômbia
FIFA/ Divulgação

Inglaterra x Colômbia

As duas seleções entraram em campo mais preocupadas em não perder do que com vontade de ganhar. Assim, o jogo ficou muito pegado no meio de campo e com poucas jogadas criativas resultaram em chances de gol.

A primeira oportunidade da partida veio com a bola parada. Aos 5 minutos, Young cobrou falta da lateral da área direto para o gol. Ospina estava atento e bem posicionado, assim, fez uma defesa simples e mandou para escanteio.

A Inglaterra apostava muito no jogo aéreo, onde foi muito superior do que a Tunísia na última partida. No entanto, a Colômbia estava bem postada defensivamente e Mina afastava a maioria das tentativas europeias pelo alto.

Depois de levantar muitas bola para a área, uma deu certo. Lingard recebeu na linha de fundo, encontrou Tippier em velocidade e o lateral mandou na segunda trave. Kane até alcança a bola de cabeça, mas o atacante estava todo desajeitado e mandou na rede de cima do gol.

A primeira chegada da Colômbia foi apenas aos 21 minutos. Cuadrado arriscou de fora da área, mas foi travado pela defesa. A bola ficou com Falcão, que também foi bloqueado. Na sobra, Mojica arriscou de longe e isolou por cima da meta.

O jogo ficou ainda mais pegado na faixa central do campo. depois de muito tempo sem nenhuma finalização de nenhuma das equipes, só uma falta muito perto da área para mudar isso. Trippier bateu muito bem, por cima da barreira, mas a bola saiu um pouco ao lado da trave e arrancou suspiros dos torcedores.

O resumo do primeiro tempo foram as confusões entre os jogadores. Teve Cuadrado contra Maguire, Trippier se estranhando com Falcao Garcia, Mina simulando agressão de Sterling e Henderson fingindo uma cabeçada no rosto de Barrios, que o atingiu no peito.

No início do segundo tempo, Carlos Sánchez novamente fez uma besteira nesta Copa do Mundo. Depois de ter colocado a mão na estreia, ter dado um pênalti para o Japão e ter sido estulso com apenas 3 minutos de jogo, o volante cometeu outra penalidade. Escanteio cobrado na área e o volante agarrou Kane por muito tempo, na cada do juiz, que marcou a infração.

Na cobrança, o artilheiro da Copa não perdoou, bateu no meio do gol e Ospina pulou para o canto direitoe ainda quase conseguiu fazer a defesa com os pés. Foi o sexto tento do atacante do Tottenham na competição.

Harry Kane cobra pênalti com categoria para a Inglaterra
Divulgação/Fifa.com

Harry Kane cobra pênalti com categoria para a Inglaterra

Aos 18, quase a Inglaterra amplia o placar. Young aproveita rebote na entrada da área e tenta o jogo aéreo. Dele Alli se estica para completar de cabeça na segunda trave, mas a bola passou raspando na trave de Ospina.

A grande chance da Colômbia empatar a partida veio com um contra-ataque aos 36 minutos. Dier, que tinha acabado de entrar, saiu jogando errado e Bacca puxou com velocidade. O atacante deu bom passe para Cuadrado, sem marcação, já dentro da área. O meia tentou chutar com força, mas errou no cálculo e isolou por cima da meta.

Já nos acréscimos, Uribe arriscou de muito longe. O que parecia um chute sem perigo, ia entrando na gaveta, mas Pickford voou, fez uma ponte linda e salvou a Inglaterra. No entanto, o goleiro nada pode fazer na cobrança de escanteio.

Aos 47 minutos, Mina aproveitou cobrança de escanteio e fez o que a cartilha de um bom cabeceador manda: tentar para baixo. A bola bateu no chão, e encobriu Tripper que estava posicionado rente a trave, em cima da linha, e entrou. Todos os jogadores e torcedores colombianos foram à loucura. Foi o terceiro gol em três jogos do zagueiro artilheiro, que começou a Copa do Mundo como reserva.

Mina marcou para Colômbia contra a Inglaterra
FIFA/ Divulgação

Mina marcou para Colômbia contra a Inglaterra

Prorrogação e pênaltis

Depois do reinício da partida, parecia que a Inglaterra tinha acusado o golpe do gol no final do tempo regulamentar. A Colômbia dominava as ações e até chegou a criar boas oportunidades de virar o jogo.

Primeiro, Sánchez e Mina subiram para cabecear a mesma bola, mas foi o zagueiro do Tottenham que tentou mandar para o gol, mas jogou para fora. Depois, Mojica usou toda a sua velocidade para avançar pelo flanco esquerdo e cruzar na cabeça de Falcao. O atacante chegou sem pique e mandou torto para a meta.

Enquanto o primeiro tempo foi da Colômbia, a Inglaterra criou as melhor chances no segundo. Rose recebeu bola em profundidade e bateu cruzado, mas a bola passou raspando a trave. Depois de cobrança de escanteio, Dier apareceu sozinho, mas mandou por cima do gol.

Sem gols na prorrogação, a partida foi decidida nas penalidades.

Falcão Gargia foi o primeiro, bateu no meio e fez. Kane cobrou com perfeição e igualou. Cuadrado chutou forte e guardou. Rashford fez o dele e manteve tudo empatado. Muriel foi frio e deslocou Pickford. Ospina voou no canto esquerdo e salvou a cobrança de Henderson. Uribe tentou acertar o ângulo e acabou pegando no travessão. Trippier finalizou sem chances para o goleiro e voltou com a igualdade. Pickford se esticou todo para fazer outra grande defesa. Dier chutou no canto para garantir a Inglaterra nas quartas de final da Copa.

Com o resultado, todos os confrontos de quartas de final então definidos. Uruguai encara a França, a Rússia enfrenta a Croácia, o Brasil duela contra a Bélgica e a Inglaterra joga com a Suécia.

Fonte: IG esporte

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta