Taques pede voto de Júlio Campos e traição ao DEM

Durante evento de inauguração do Complexo da Salgadeira neste sábado (30), o governador Pedro Taques (PSDB) e o ex-governador, Júlio Campos (DEM) eram só paz e amor.

Estavam num entrosamento que nem de longe lembrava a troca de “gentilezas” entre ambos num passado bem recente por causa da campanha eleitoral que ainda nem começou oficialmente.

E nesse clima, bem descontraído, Júlio Campos, que recentemente se referiu a Taques como “esse troço”, revelou que em 2010 traiu seu partido ao votar em Pedro Taques para o Senado e ainda fez campanha para Taques em 2014 quando o tucano foi eleito governador pelo PDT.

Por sua vez, Taques não perdeu tempo e disse que o democrata pode trair de novo e apoiá-lo nestas eleições. Risos e palmas foram ouvidos em seguida.

As declarações, feitas em clima de “brincadeira” se devem ao fato de este ano o DEM decidiu pular fora do barco de Taques e anunciar candidatura própria, do ex-prefeito Mauro Mendes. Antes disso, Taques tinha esperanças de que teria o apoio dos democratas em seu projeto de reeleição.

Fonte: GD              

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta