Primeira-dama lança Viva a Vida e intensifica ações de valorização à pessoa idosa

Valorizar a pessoa idosa, proporcionando a elas, que tanto contribuíram para o crescimento econômico e histórico de Cuiabá, mais bem-estar, dignidade e qualidade de vida. Seguindo esta proposta, a primeira-dama da Capital, Márcia Pinheiro, lança o projeto ‘Viva a Vida na Melhor Idade’, nesta terça-feira (26). O projeto vem como base de complemento às atividades já desenvolvidas à pessoa idosa, envolvendo políticas de educação, saúde, trabalho, esporte e lazer.

A solenidade começa às 14h, no CCI Padre Firmo, com a apresentação do projeto, suas diretrizes e metodologia de trabalho. Após a apresentação, será servido um lanche e também terá a presença de um educador físico interagindo com os presentes. O evento também contará com os serviços de emissão do Cartão Estacionamento para Idoso (PcD); e da Carteira do Idoso para transporte gratuito. A equipe da Saúde também estará presente aferindo pressão e realizando o exame preventivo do câncer bucal.

Os idosos também poderão retirar ou fazer o agendamento para retirada do kit de antenas digital e conversor, para famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal. O agendamento, segundo os organizadores da Seja, também pode ser realizado pelo telefone 147 (ligação gratuita) ou pelo site sejadigital.com.br/kit.

“A bandeira da transformação vem sendo levantada desde o início desta gestão, mas cremos que para ela acontecer, precisamos da preciosidade do conhecimento e experiência das pessoas. Por isso, valorizar os nossos idosos faz parte desse projeto de construção de uma Cuiabá inovada, um lugar melhor para se viver. Não podemos buscar o novo e nos esquecermos que quem ajudou a difundi-lo foram esses rostos que já carregam as marcas do tempo, mas não perderam a esperança de um mundo com mais dignidade. Diante disso, desenvolvemos este projeto, que tem como compromisso complementar o quadro de atividades atual, levando mais acesso à saúde, educação e lazer à pessoa idosa”, diz Márcia.

Atualmente, as quatro unidades de CCI’s atendem 1.545 idosos, que participam de atividades de hidroginástica, arte e dança, fisioterapia preventiva, aulas de alfabetização, entre outras. As atividades socioassistenciais são aplicadas de acordo com as normas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SFCV) da pessoa idosa, do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS).

Com a inserção do Viva a Vida nos CCI’s, com o papel de reforço coletivo, os idosos também terão acesso ao atendimento rotativo geriátrico e serviços odontológicos (saúde); Bus Tur, com passeios culturais, acompanhados de guia turístico (cultura); olimpíadas (esporte e lazer); abertura de espaços nas feiras livres e no centro comercial para a comercialização de produtos confeccionados pelo grupo (trabalho); inclusão digital, além da reabertura do CAT’s (Centros de Atendimento ao Turista) com monitores especializados (ação trabalho).

O projeto faz parte da proposta de construir uma gestão participativa, em que as secretarias do município trabalhem em conjunto, desenvolvendo ações complementares aos serviços já oferecidos, levando dignidade e bem-estar aos cidadãos cuiabanos. “A ideia de interação tem o objetivo de aproveitarmos todas as ferramentas disponíveis no município, para levarmos os serviços com a máxima qualidade aos assistidos pelos programa sociais, principalmente às pessoas em situação de vulnerabilidade extrema. Assim como este projeto voltado à pessoa idosa, estamos desenvolvendo outras ações para os demais grupos atendidos pelo município, sempre visando a inclusão e dignidade do povo cuiabano”, conclui a primeira-dama.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta