Delação à vista, se acontecer pode complicar muita gente…

Delação à vista, se acontecer pode complicar vida de muitas pessoas… Veja o que está rolando nos bastidores da política na coluna do Zé caneta…

Efeito Bereré
No meio político, o comentário é de que a avidez de alguns deputados em livrar Mauro Savi (DEM) da prisão se deveria à pressão que ele estaria fazendo, com uma suposta ameaça de delação premiada.

Efeito Bereré II
Apontado como líder de um esquema que desviou R$ 30 milhões do Detran-MT, com a delação, Savi poderia implicar colegas e outros políticos. Pelo menos sete deputados estaduais estão na mira.

Na rede social
Na semana passada, a deputada Janaína Riva (MDB) usou o Facebook para fazer o que mais gosta: criticar Pedro Taques (PSDB). Num post, ela diz que o tucano é “campeão” em irregularidades administrativas.

Na rede social II
Alguns leitores apoiaram Janaína, mas uma maioria a criticou pela decisão de votar pela soltura do deputado Mauro Savi. Curiosidade: as críticas dos leitores foram apagadas da página da deputada.

Não altera nada
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) minimiza a entrada de Mauro Mendes (DEM) no ringue eleitoral. Para ele, a virtual candidatura do democrata não altera o cenário desenhado por pesquisas eleitorais.

Não altera nada II
“É mais um candidato ao Governo. Quanto mais candidatos, melhor. Aumenta o número de propostas. A população tem maior opção de escolha. Vejo como mais um candidato e espero que saiam mais”, disse Emanuel.

Na bronca
Cacique do DEM, Jaime Campos estaria na bronca com Mauro Mendes. O motivo, segundo o site MidiaNews, seria o “jogo de cena” do ex-prefeito, ao empurrar com a barriga o anúncio da pré-candidatura.

Na bronca II
Segundo o site, a cúpula do DEM teria percebido que a “indecisão” de Mauro Mendes causa desgastes nas bases. Além disso, sua posição nas pesquisas já apresentaria tendência de estagnação, em função da “encenação”.

Na bronca III
O site revela ainda que, recentemente, Jaime deu uma “peitada” em Mendes, alertando para o prejuízo da situação ao DEM. Mauro Mendes teria sugerido que Jaime Campos se lançasse candidato, então. O clima ficou tenso…

Efeito da atual política
Os democratas encontram dificuldades para levar eleitores aos encontros no interior. Em Barra do Garças, por exemplo, para um público esperado de 200 pessoas, poucos menos de 50 foram ver Jaime, Mauro & Cia.

Saúde frágil
Aos 77 anos e com a saúde frágil (ele trata de uma arritmia cardíaca desde o começo do ano), o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) contraria as recomendações médicas e anuncia que será recandidato.

Saúde frágil II
Mesmo debilitado, Carlos Bezerra busca reunir forças para montar palanques em MT. Ele anunciou, para o próximo dia 23, a vinda do ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, pré-candidato a presidente pelo MDB.

Bandeira tucana
Liderada pelo deputado Nílson Leitão, a proposta de reduzir o número de vagas do Senado (de 81 para 54) e na Câmara dos 513 atuais já ganha corpo em Brasília e vira bandeira eleitoral do PSDB.

Bandeira tucana II
Análise de O Estado de S. Paulo sugere cautela. A medida, segundo o jornal, se conecta com a insatisfação popular com a classe política. Mas, dominado pelo corporativismo, não há chance de a proposta avançar no Congresso.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta