Brasil divulga uniformes que vai usar nos três jogos da fase de grupos

Na partida de estreia contra a Suíça, no domingo (17), jogadores vão entrar em campo com a tradicional camisa amarela, calção azul e meiões brancos

Na primeira fase, Brasil jogará com o segundo uniforme apenas na partida contra a Costa Rica, que usará peças brancas

Reprodução/Twitter

Na primeira fase, Brasil jogará com o segundo uniforme apenas na partida contra a Costa Rica, que usará peças brancas

Os uniformes do Brasil para os três jogos da primeira fase da Copa do Mundo na Rússia já estão definidos. A CBF apresentou, nesta sexta-feira (15), as camisas, calções e meiões que os atletas vão utilizar nas partidas.

Na partida de estreia contra a Suíça, no domingo (17), às 15h, em Rostov On Don, e no último jogo contra a Sérvia, em Moscou, no dia 27, os jogadores do Brasil vão entrar em campo com a tradicional camisa amarela, calção azul e meiões brancos.

Já contra a Costa Rica, no dia 22, em São Petesburgo, na segunda partida da fase grupos, a seleção brasileira vestirá o uniforme todo em azul. O goleiro brasileiro, no entanto, usará o uniforme todo verde nos três jogos da primeira fase.

Treino fechado

Nesta sexta-feira (15), o Brasil fez seu último treino no campo anexo ao resort onde a delegação está hospedada, em Sochi, antes da estreia na Copa do Mundo . O grupo comandado pelo técnico Tite viaja nesta noite para a cidade de Rostov, onde a seleção fará seu primeiro jogo no Mundial, às 15h de domingo (17), contra a Suíça.

O treino de hoje da seleção brasileira teve portões fechados. Foi a primeira vez que o técnico Tite fez segredo na preparação da equipe para o Mundial. A delegação brasileira conta até mesmo com uma equipe responsável por monitorar a presença de drones na área próxima ao local de treinamento para impedir espionagens.

A atividade foi baseada no estilo de jogo dos atletas da Suíça. “A gente fez um treino que a gente chama invisível. Trabalhamos as estratégias ofensivas e defensivas”, afirmou o auxiliar técnico da Seleção, Cléber Xavier.

De acordo com o profissional da comissão técnica, tanto os titulares quanto os reservas dp Brasil participaram da movimentação, simulando o estilo de jogo do adversário. “Trabalhamos a bola parada defensiva, dentro do padrão da Suíça nessas bolas. As bolas aéreas de escanteio, nas faltas laterais e nas faltas frontais longas”, finalizou.

Fonte: IG esporte

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta