Putin diz esperar que a Rússia jogue “decentemente” e cita Brasil como favorito

Presidente russo disse ver a equipe de Tite e mais três seleções como principais candidatas a vencer a Copa e reconheceu que, para a Rússia, a “maior conquista” será garantir uma boa organização durante o Mundial

Vladimir Putin posa para foto com Pelé e Maradona: presidente russo citou Brasil e Argentina como favoritos
Divulgação

Vladimir Putin posa para foto com Pelé e Maradona: presidente russo citou Brasil e Argentina como favoritos

O presidente russo, Vladimir Putin, disse considerar a seleção brasileira uma das favoritas a se sagrar campeã da Copa do Mundo , que terá início dentro de oito dias e será realizada justamente na Rússia.

Em entrevista concedida a uma rede de comunicação chinesa nesta quarta-feira (6), Vladimir Putin elencou ainda outras três seleções que reúnem mais condições de vencer o Mundial, em sua opinião.

“Há muitas candidatas a vencer a Copa, como as seleções da América Latina, especialmente a Argentina e o Brasil. Nós sabemos o quão bem a seleção alemã jogou no último mundial e também vemos a Espanha jogando um futebol muito bonito e de alta qualidade. Certamente haverá outros grandes candidatos e a melhor equipe vencerá”, ponderou o líder russo.

E a Rússia?

Questionado sobre as expectativas para a seleção de seu país, Putin foi realista e disse esperar que a equipe comandada pelo técnico Stanislav Tchertchesov “jogue decentemente e apresente um estilo de jogo bonito e interessante, lutando até o fim”, conforme reportou a agência estatal russa Tass.

“Eu devo reconhecer que, infelizmente, nossa seleção não tem alcançado grandes conquistas recentemente”, adicionou Putin.

Por fim, o presidente russo ressaltou que “a maior conquista” para o seu país será apresentar uma boa organização. “Faremos de tudo para organizar a Copa do Mundo da melhor maneira possível, tornando real a celebração de milhões de fãs do futebol ao redor do mundo. Essa será a nossa maior conquista”, garantiu.

A desesperança de Putin com a seleção russa vai de encontro com a da maior parte dos torcedores do país, um sentimento que ficou ainda mais acentuado devido às lesões de três jogadores considerados titulares absolutos na seleção: os zagueiros Viktor Vasin (CSKA Moscou-RUS) e Georgi Dzhikiya (Lokomotiv Moscou-RUS), e o atacante Aleksandr Kokorin (Zenit-RUS).

Na Copa, a seleção do técnico Tchertchesov – e de Vladimir Putin – está no grupo A da Copa e estreia no dia 14 de junho contra a Arábia Saudita. Também estão nesse grupo as seleções do Egito e do Uruguai.

Fonte: IG esporte

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta