Greve acaba e preço da gasolina fica lá em cima

A greve dos caminhoneiros terminou, mas os reflexos negativos que atingem diretamente o bolso dos cidadãos/consumidores ainda estão visíveis nos postos de combustíveis de Mato Grosso, nas distribuidoras de gás, mercados, nas feiras livres e centrais de abastecimentos.

Em Cuiabá em Várzea Grande, ainda é possível verificar dezenas de postos fechados. Outros estão abertos, mas sem ter os 3 combustíveis disponíveis (etanol, diesel e gasolina). E a gasolina está sendo vendida bem acima dos valores praticados antes da greve iniciada em 21 de maio.

Antes, nas duas maiores cidades do Estado era possível encontrar gasolina variando entre R$ 3,79 o litro até R$ 4,19 em alguns postos (que vendiam o produto mais caro).

Agora, o valor mais em conta da gasolina encontrado pela reportagem na sexta-feira (1º de junho) foi R$ 4,49. A maioria está vendendo o produto a R$ 4,59. Mas tem posto que está cobrando R$ 4,75 pelo litro do combustível. Alô Procon!

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta