Número de candidatos inscritos no Enem cai 1,2 milhão de 2017 para 2018

Mais de 5,5 milhões se inscreveram no exame que será aplicado em novembro deste ano; ao todo, 3,5 milhões conseguiram a isenção da taxa

Salas de cursinho ainda estão cheias de alunos, mas nem todos têm interesse em prestar o Enem 2018; veja os números
shutterstock/Reprodução

Salas de cursinho ainda estão cheias de alunos, mas nem todos têm interesse em prestar o Enem 2018; veja os números

A edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) teve 5.513.662 inscritos confirmados. O número pode ainda ser elevado, mas representa 1,2 milhão de candidatos a menos do que o exame do ano passado, quando foram 6.731.203 inscritos confirmados.

O balanço dos candidatos devidamente inscritos no exame foi divulgado na manhã desta terça-feira (29), pelo Ministério da Educação (MEC). O período de inscrição no Enem 2018 terminou no último dia 18 de maio, mas o pagamento das taxas foram até o dia 23.

Neste ano, o MEC esclareceu que 6.774.891 fizeram a inscrição no site, o que representa um número maior que o do ano passado. No entanto, 18,7% dessas pessoas não pagaram a taxa de inscrição e, por isso, não foram confirmados no exame.

Ainda de acordo com o balanço divulgado pelo MEC, para a edição deste ano, 3.521.181 pessoas foram beneficiadas com a gratuidade da taxa, por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à isenção da taxa .

Apesar desses números, não é possível afirmar que menos pessoas farão a prova deste ano, em relação ao ano passado. Afinal, em 2017, apesar de 6,7 milhões terem tido a inscrição confirmada, apenas 4,7 milhões de candidatos compareceram ao exame.

Enem 2018 já tem data confirmada

As provas do Enem deste ano serão aplicadas em dois domingos seguidos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro – embora as datas exatas de divulgação não tenham sido confirmadas.

No ato das inscrições, o candidatos que necessitam de atendimento especializado ou específico devem ter feito essa solicitação. Além disso, os candidatos travestis ou transexuais que desejaram também puderam pedir atendimento pelo nome social.

No ano passado, 303 pessoas fizeram a solicitação para uso do nome social no Enem . O atendimento pelo nome que a pessoa se identifica teve início no Enem de 2014, quando 102 pessoas usaram o nome social durante a aplicação da prova. Em 2015, esse número passou para 278 e, em 2016, para 407. A quantidade de pessoas que fizeram essa solicitação neste ano ainda não foi revelada.

As notas do Enem 2018 podem ser usadas para concorrer a vagas no ensino superio público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Último Segundo – *Com informações da Agência Brasil

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta