Com preço do litro a R$ 2,98, posto de Ciudad del Este, no Paraguai, tem fila de brasileiros

A gasolina também é encontrada, neste sábado (26), a R$ 3,06 e R$ 3,10 no país vizinho.

Com a falta de combustível devido à greve dos caminhoneiros, moradores de Foz do Iguaçu e outros municípios do oeste do Paraná estão cruzando a fronteira neste sábado (26) para abastecer.

O posto mais próximo em Ciudad del Este, no Paraguai, que vende a gasolina a R$ 2,98 o litro, tem fila de motoristas brasileiros – que também causam transtorno no trânsito local.

Outros postos da cidade paraguaia também estão sendo procurado pelos brasileiros. A gasolina também é encontrada, neste sábado, a R$ 3,06 e R$ 3,10 no país vizinho.

Fila de veículos brasileiros em posto de Ciudad del Este, no Paraguai, neste sábado (26) (Foto: Raphaela Potter/RPC)

Fila de veículos brasileiros em posto de Ciudad del Este, no Paraguai, neste sábado (26) (Foto: Raphaela Potter/RPC)

Aos sábados, normalmente a fronteira fica movimentada com a presença de compristas indo ao Paraguai.

Porém, neste sábado, o movimento na Ponte Internacional da Amizade está 80% abaixo do normal, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A maior procura tem sido por combustível.

O movimento neste sábado (26) está 80% menor na entrada da aduana brasileira, na Ponte Internacional da Amizade, segundo a PRF (Foto: Raphaela Potter/RPC)

O movimento neste sábado (26) está 80% menor na entrada da aduana brasileira, na Ponte Internacional da Amizade, segundo a PRF (Foto: Raphaela Potter/RPC)

Apreensões

O deslocamento de brasileiros ao Paraguai em busca de combustível tem ocorrido desde o início da paralisação dos caminhoneiros.

Fiscais da Receita Federal e policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) apreenderam, entre quinta-feira (24) e sexta-feira (25), cerca de 900 litros de gasolina na aduana da Ponte Internacional da Amizade.

Aproximadamente 70 pessoas foram flagradas no transporte ilegal – a maioria, com gasolina. Em caso de flagrante, o produto é apreendido. E, se caracterizado o fim comercial, o veículo usado no transporte também é apreendido.

O combustível pego nas fiscalizações foi doado à Prefeitura de Foz do Iguaçu, atendendo a um pedido de urgência para o abastecimento dos veículos oficiais do município.

Fonte: G1

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta