Caminhoneiros de MT iniciam greve nesta segunda-feira

Com mais uma alta no valor do combustível, os caminhoneiros de todo o Brasil iniciam uma paralisação a partir desta segunda-feira (21). O Sindicato das Empresas de Cargas de Mato Grosso (Sindmat), emitiu uma nota para afirmar que apóia o movimento grevista e que todos os motoristas do Centro-Oeste também irão aderir a manifestação, já que a política de reajuste é abusiva e prejudica toda a sociedade.

No comunicado assinado pelo presidente, Eleus Vieira Amorim, ele orienta que todos os empresários do transporte do Estado deixem seus veículos nas garagens apoiando ordeiramente o movimento, evitando assim que os mesmos possam ficar parados em bloqueios nas rodovias.

“Não se pode ter uma política de aumento de preços de combustível diária, aonde a população é obrigada a pagar o custo da roubalheira acontecida na Petrobrás”, diz trecho do comunicado.

A paralisação deve seguir por tempo indeterminado até que haja acordo entre o governo e os representantes da categoria.

Veja a nota na íntegra:

“O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado de Mato Grosso
(SINDMAT) esclarece sua posição sobre a paralisação convocada pela CNTA
para o dia 21/05/2018:

1- Que a política de reajuste de combustível da Petrobrás é abusiva e prejudica
toda a sociedade;

2- Não se pode ter uma política de aumento de preços de combustível diária,
aonde a população é obrigada a pagar o custo da roubalheira acontecida na
Petrobrás;

3- Que entende e apoia o movimento pacífico dos CAMINHONEIROS
AUTÔNOMOS, através da CNTA, desde que NÃO firam o direito de ir e vir do
cidadão, com bloqueio de rodovias;

4- Recomenda a todos os empresários do transporte de MATO GROSSO que
deixem seus veículos nas garagens, apoiando ORDEIRAMENTE o movimento,
evitando assim que os mesmos possam ficar parados em bloqueios nas
rodovias.

Quê DEUS de serenidade e sabedoria a nossos governantes para que nos
ajudem a trabalhar dignamente transportando a produção de nosso país.

Eleus Vieira Amorim
Presidente”

Fonte: GD (Rayane Alves)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta