Padrasto acusado de abusar de menina durante 4 anos acaba preso em Cuiabá

Um homem de 34 anos foi preso na quinta-feira (17) acusado de abusar sexualmente da ex-enteada dos 9 aos 13 anos de idade. Segundo a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) o crime ocorreu em Cuiabá e foi denunciado em agosto de 2014. O nome dele não foi divulgado.

O caso vinha sendo investigado na unidade policial, que após localizar e interrogar o suspeito representou pelo mandado de prisão preventiva. Logo depois que foi ouvido na Delegacia, ele fez ameaças à mãe da menor, sua ex-companheira, para que retirasse a queixa.

Conforme o inquérito policial, o suspeito tinha um relacionamento de 7 anos, com a mãe da vítima, que na época da denúncia estava separada há aproximadamente 1 ano e 7 meses. A mãe da menor relatou que estavam em processo de reconciliação quando soube pela filha que o ex-companheiro abusava da menina há cerca de 4 anos. Ela também contou que o suspeito era agressivo, fato que lhe causava temor.

Os abusos ocorreram no período noturno, quando a mãe da menor estava trabalhando. O suspeito abusava da menina na sala da casa, local em que ela dormia. A menor disse na Polícia que tinha medo do suspeito e sofria ameaças dele após o ato sexual. O suspeito está recolhido em uma unidade prisional de Cuiabá. (Com assessoria da PJC)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta