Em busca da reeleição, Taques convida Jayme Campos para ser vice

O ex-governador Jayme Campos (DEM) revelou que já foi convidado pelo governador Pedro Taques (PSDB) para ser candidato na chapa de reeleição ao Executivo na vaga de vice-governador nas eleições deste ano. “Ele pede apoio pra todo mundo. Ele me convidou pra ser vice na chapa dele, já me convidou pra ser senador”, disse a jornalistas durante um evento de confraternização nesta quinta-feira (26).

Pedro Taques ainda não assumiu publicamente que vai disputar a reeleição. No entanto, suas ações e declarações em público são interpretadas por adversários como de alguém que é pré-candidato.

Apesar do convite, Jayme afirma que não deu uma resposta a Taques. “Eu disse que não tomo decisão isoladamente. Eu sou partidário, o partido que me guia. Sobretudo, acima do partido, eu tenho quem me guia: 1º é Deus, 2º é o povo, depois vem o partido”, afirmou o político.

Segundo o democrata, além do governador, ele também conversou nos últimos dias com outros pré-candidatos como o senador Wellington Fagundes (PR) e o ex-prefeito de Sorriso, Dilceu Rossato (PSL). “Eu converso com todo mundo, eu não tenho nenhuma dificuldade. Pedro é de um partido, eu sou de outro, mas nada de impeditivo eu tenho em manter alguma conversa”, disse.

Apesar de afirmar que o DEM tem “musculatura para disputar”, Jayme Campos evita se colocar como pré-candidato ao governo, dizendo que isso seria atropelar a si mesmo em detrimento de sentimentos.

“Não podemos fazer de forma intempestiva, tem que ter capacidade, tem que ser inteligente”, disse se referindo à importância de esperar os resultados das pesquisas eleitorais que devem ser feitas em maio.

“Eu acho que ninguém pode tomar uma decisão, partidariamente ou isoladamente, sem ter uma pesquisa, que é a melhor ferramenta nos últimos 50 anos que eu conheço”, completou. (Colaborou Pablo Rodrigo, repórter do GD)

Fonte: GD

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta