OAB-MT apresenta panorama do Judiciário ao CNJ

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) participou da reunião de abertura dos trabalhos de inspeção da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) nesta segunda-feira (23).

A ação da Corregedoria Nacional de Justiça acontece até a próxima sexta-feira (27) e faz parte da política de fiscalização e aprimoramento das unidades do Poder Judiciário no país com a instauração de inspeção nos setores administrativos e judiciais da Justiça comum de Mato Grosso de primeiro e segundo graus, assim como nas serventias extrajudiciais.

Durante a abertura dos trabalhos, o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), designado pelo CNJ para integrar e auxiliar a inspeção, Mario Devienne Ferraz, explicou que o objetivo das ações que vem sendo realizadas desde o ano passado é produzir uma radiografia do poder Judiciário no Brasil e, a partir daí, construir ações ou diretrizes para serem implementadas de forma conjunta em todo o país.

Para este trabalho, ele destacou a importância da manifestação da advocacia, informando sobre a qualidade dos serviços prestados pelo Poder Judiciário em Mato Grosso.

De imediato, o presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, e o diretor-tesoureiro, Helmut Flávio Preza Daltro, apresentaram um breve panorama do Judiciário mato-grossense a partir do ponto de vista da advocacia e ressaltaram que uma das questões que mais aflige os profissionais é a dificuldade do Processo Judicial Eletrônico (PJe), principalmente no interior.

Ainda, a OAB-MT recebe até às 11h da próxima quarta-feira (25) as manifestações dos advogados e advogadas em relação ao funcionamento do Poder Judiciário no Estado. As informações serão compiladas e apresentadas oficialmente ao CNJ. Críticas, demandas e sugestões podem ser protocoladas na sede da Ordem, em Cuiabá, ou encaminhadas para o e-mail presidencia@oabmt.org.br. (Com assessoria OAB-MT)

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta