Os bastidores da nossa política

*Por Zé caneta

Os bastidores da nossa política esta em pleno vapor… Blairo articulando, Jaime movimentando, Taques criticando e Mauro indeciso de novo… Veja essas e outras na coluna do Zé caneta.

O avalista
Sem alarde, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), tem se tornado numa espécie de “avalista” da pré-candidatura do senador Wellington Fagundes (PR) ao Governo de Mato Grosso. Por exemplo, esta semana, Maggi recebeu em Brasília (DF) juntamente com o republicano a cúpula do PSD, que tem o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) como pré-candidato a senador.

Ser ou não ser
O ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) abriu sua mansão no Alphavile para uma festa com os “mais chegados”. Único membro do Governo Taques presente foi o presidente do Detran, Thiago França. Mauro, que comemorou 54 anos de vida, evitou a presença de políticos. A única exceção foi o vereador Gilberto Figueiredo (PSDB). O democrata continua sem definir se é candidato ou não ao Palácio Paiaguás.

Se movimentando
Jaime Campos, livre do dia-a-dia de secretário especial na Prefeitura de Várzea Grande, anda dedicando o seu tempo a fazer política. Na última sexta-feira, por exemplo, despachou das 9h30 às 22h. Como já disse, está queimando gasolina azul.

Se movimentando II

Por seu gabinete passaram o deputado federal Adilton Sachetti (PRB), o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), e o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), com o vice-prefeito Niuan Ribeiro (PSD) à tiracolo.

Começaram os ataques
A juíza aposentada Selma Arruda (PSL) chamou o ex-quase-tudo em Mato Grosso Jaime Campos (DEM) de “ultrapassado”. O líder democrata evitou responder à ex-magistrada. “Eu gosto de fazer campanha limpa e respeitosa”, disse Jaime Campos.

Indiretas diretas
“Algumas pessoas pensaram que poderiam mandar em mim porque têm muito dinheiro. São milionárias, pensaram que poderiam me mudar. Não mudei. Não sou vaca de presépio”. Do governador Pedro Taques (PSDB), em entrevista à Rádio Vila Real FM.

Indiretas diretas II
O recado de Taques tem endereços: o ex-prefeito de Lucas, Otaviano Pivetta, e o deputado Zeca Viana, do PDT, duas das maiores fortunas de MT. Segundo o governador, os dois tentaram controlá-lo após a vitória nas eleições de 2014. Hoje, ambos são os maiores críticos de Taques.

Sem conversa
Na mesma entrevista, Taques revelou que conversa, “todos os dias”, como líderes do DEM, na articulação da base do Governo. Ele só não liga para o ex-prefeito Mauro Mendes, cotado para disputar o Governo. “É uma opção minha”, disse o governador.

Questão pessoal
Na Rádio Capital FM, o ex-senador Júlio Campos (DEM) assumiu que faz críticas a Taques por questão, digamos assim, bem pessoal. Julinho cobra sistematicamente uma suposta dívida (não revelou o montante) do Governo para com a TV Brasil Oeste, emissora de sua propriedade.

Ameaçada no ninho
A paz no ninho tucano em Mato Grosso voltou a ser ameaçada por um problema antigo: o deputado federal Nilson Leitão, pré-candidato ao Senado pelo PSDB, voltou a criticar o secretário estadual de Saúde, Luiz Soares.

Ameaçada no ninho II
Leitão reclama da diminuição do número de atendimentos no Hospital Regional de Sinop, que, segundo ele, está com a metade dos leitos ociosos, além do corte e atraso nos repasses financeiros do Estado.

Base eleitoral
Nilson Leitão, que tem Sinop como a sua principal base eleitoral – ele já foi prefeito do Município -, lembrou que o Hospital Santo Antônio é o único da cidade que é credenciado para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Chama o Eder
Condenado a mais de 100 anos de prisão, Eder Moraes foi convidado para dar uma palestra na Assembleia. Ele teria a saída para se resolver a crise financeira de MT (o que, segundo Taques, é “uma piada”). Pelo andar da carruagem, o próximo palestrante será o ex-governador Silval Barbosa (MDB).

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta