Operação Rêmora: Se não gostou que recorra, diz Taques sobre Malouf

CONDENAÇÃO NA RÊMORA

Governador Pedro Taques (PSDB) não quis polemizar sobre as afirmações de seu ex-aliado, o empresário Alan Malouf, que voltou a afirmar, agora em recurso apresentado no Tribunal de Justiça que o tucano sabia das fraudes em licitações da Seduc, e teria sido beneficiado com dinheiro de propina e caixa 2 nas eleições de 2014.

“Cada um tem o direito constitucional a se manifestar e não me cabe manifestar sobre decisão judicial. Se ele não gostou, tem que recorrer”, argumentou Taques nesta quinta-feira (12).

A fala foi um contraponto às afirmações, nos autos processuais, por parte do empresário já condenado por corrupção em ação penal decorrente da Operação Rêmora.

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta